Com 1º tempo ‘perfeito’, Flamengo acaba com a invencibilidade do Madureira

Com um primeiro tempo ‘perfeito’, o Flamengo goleou, por 5 a 1, e acabou com a invencibilidade do Madureira, na segunda-feira (05), em Volta Redonda, em duelo válido pela oitava rodada da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca.

 
Com o resultado, o atual campeão brasileiro, que marcou 4 a 0 só na primeira etapa, chegou aos mesmos 19 pontos do Volta Redonda, mas fica em primeiro lugar na classificação por causa do melhor saldo de gols (14 contra seis).


O primeiro tempo do Flamengo foi um show. Durante os 45 minutos, o time do técnico Rogério Ceni fez tabelas, tocou rápido a bola, fez deslocamentos e procurou o gol intensamente. Por incrível que pareça, o placar parcial de 4 a 0 foi pouco.

É verdade que o Madureira, apesar da invencibilidade até então na competição, não é um time capaz de fazer frente ao Flamengo, mas a iniciativa do rubro-negro foi impressionante, o que o tornaria um adversário imbatível diante de qualquer adversário nacional. Lembrou bastante as partidas de alto nível do futebol europeu.

 
O problema é que o ímpeto flamenguista também teve um pouco de irresponsabilidade na defesa, o que permitiu ao Madureira pelo menos duas oportunidades claras de gol. Mas o volume de Gabriel e seus companheiros foi muito grande.

O centroavante deixou sua marca duas vezes. A primeira em cobrança de pênalti para abrir o placar e a segunda no rebote do goleiro, quando o placar já era 3 a 0. O segundo gol foi de Gerson, o melhor da primeira etapa, em bela virada, e o quarto de Diego, com bonito chute.

O Flamengo voltou com o mesmo ritmo para o segundo tempo. Com 94% de acerto nos passes, quase todas as jogadas iniciadas terminavam em finalização para a meta defendida por Felipe Lacerda. Mas a desatenção no setor defensivo também pôde ser notada e o Madureira não desperdiçou com Luiz Paulo, aos 12 minutos.

 
Em ritmo de treino, o Flamengo fez o quinto, com Arrascaeta e aí sim diminuiu a intensidade. Ceni foi fazer três substituições apenas aos 30 minutos, claramente com a intenção de preparar a equipe para a final da Supercopa Brasileira, domingo, às 11 horas, em Brasília, diante do Palmeiras.

FICHA TÉCNICA

MADUREIRA 1 X 5 FLAMENGO

MADUREIRA – Felipe Lacerda; Rhuan (Bruno Oliveira), Breno, Maurício Barbosa e Juninho; Victor Feitosa (Humberto), Rodrigo Yuri (Gutemberg), Nivaldo (Eberson) e Sillas; Luiz Paulo e Bruno Santos. Técnico: Alfredo Sampaio.

 
FLAMENGO – Diego Alves; Isla (Vitinho), Willian Arão, Rodrigo Caio (Bruno Viana) e Filipe Luís; Diego (Hugo Moura), Gerson (Gomes), Everton Ribeiro (Rodrigo Muniz) e Arrascaeta; Gabriel e Bruno Henrique. Técnico: Rogério Ceni.

Gols – Gabriel aos 16, Gerson aos 21, Gabriel aos 28 e Diego aos 43 minutos do primeiro tempo. Luiz Paulo aos 12, Arrascaeta aos 19 do segundo tempo.

ÁRBITRO – Rodrigo Carvalhaes de Miranda.

CARTÕES AMARELOS – Willian Arão, Vitinho, Gabriel. Rodrigo Muniz, Breno e Bruno Henrique.

CARTÃO VERMELHO – Bruno Oliveira.

RENDA E PÚBLICO – Jogo disputado com portões fechados.

LOCAL – Volta Redonda.

com informação Agência Estado

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!