Foto: Washington Alves

Com dois gols de Hulk, Atlético-MG vence América de Cali no Mineirão

Envolvido em polêmica no último final de semana após reclamar das poucas oportunidades com Cuca, Hulk deu a resposta dentro de campo na noite de terça-feira (27), ao marcar os dois gols da vitória do Atlético-MG sobre o América do Cali-COL, por 2 a 1, no Mineirão, pela segunda rodada da Copa Libertadores.

A primeira vitória coloca o Atlético-MG na liderança do Grupo H, com quatro pontos, podendo perder a posição para Cerro Porteño-PAR ou La Guaira-VEN, que se enfrentam nesta quarta-feira. Zerado, o América de Cali-COL está na lanterna. 


 
Pressionado por conta das últimas atuações, o Atlético-MG foi soberano no primeiro tempo. Faltou, porém, o mais importante: o gol. Foram inúmeras chances criadas, principalmente pelo lado esquerdo, com a dobradinha entre Guilherme Arana e Keno.

As duas melhores oportunidades do Atlético-MG no primeiro tempo foram originadas de cruzamentos para a área. Aos 23, Savarino cobrou falta, Guilherme Arana deu um leve desvio e a bola acertou a trave. Já nos minutos finais, Arana cruzou, Graterol espalmou mal e só não marcou gol contra porque a bola bateu no travessão.

Na etapa final, as substituições realizadas por Cuca surtiram efeito e o Atlético-MG abriu o placar aos 13 minutos. Hulk, que entrou no lugar de Vargas, foi derrubado por Graterol dentro da área e o árbitro assinalou pênalti, convertido pelo próprio atacante.

Quatro minutos depois, Savarino recebeu de Keno e tirou a marcação com um toque de calcanhar para Hulk, que só teve o trabalho de deslocar o goleiro e ampliar. Graterol ainda evitou o terceiro em outras oportunidades. E, como nada é fácil para o Atlético-MG, o América de Cali-COL diminuiu aos 31 com Luis Sánchez após saída errada de Tchê Tchê.

Os minutos finais foram de sufoco no Mineirão. Aos 41, Vergara aproveitou espaço dado por Mariano e chutou forte. A bola passou raspando a trave. Na sequência, o camisa 11 do América de Cali-COL mandou nas mãos de Everson. Apesar da pressão colombiana e da expulsão de Nathan nos acréscimos, o Atlético-MG conseguiu segurar a vitória.

Na próxima terça-feira, o Atlético-MG enfrenta o Cerro Porteño-PAR, às 19h15, no Mineirão, em Belo Horizonte. Na quinta, o América de Cali-COL busca os primeiros pontos contra o La Guaira-VEN, no Olímpico, em Caracas-VEN. Os jogos são válidos pela terceira rodada.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 2 X 1 AMÉRICA DE CALI

ATLÉTICO-MG – Everson; Mariano, Igor Rabello, Junior Alonso e Guilherme Arana; Zaracho (Nathan), Tchê Tchê e Nacho Fernández (Marrony); Savarino (Dodô), Vargas (Hulk) e Keno (Alan Franco). Técnico: Cuca.

AMÉRICA DE CALI – Graterol; Arrieta, Kevin Andrade, Ortiz e Héctor Quiñónez; Paz, Carrascal (Luis Sánchez) e Cabrera (Ureña); Murillo (Moreno), Aldair Rodríguez (Cambindo) e Vergara. Técnico: Juan Cruz Real.

GOLS – Hulk, aos 13 e aos 17, e Luis Sánchez aos 31 minutos do segundo tempo

ÁRBITRO – Daniel Fedorczuk (URU)

CARTÕES AMARELOS – Junior Alonso, Alan Franco e Hulk (Atlético-MG); Carrascal, Arrieta e Kevin Andrade (América de Cali)

CARTÃO VERMELHO – Nathan

LOCAL – Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

com informação Agência Estado

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!