Com dois gols de Jadson, Athletico-PR derrota o Juventude e segue com 100%

Com um início de segundo tempo alucinante, o Athletico-PR marcou dois gols em quatro minutos com o experiente meia Jadson, de 38 anos, e outro com Nikão, vencendo o Juventude por 3 a 0, no domingo (06), de muito frio e neblina, no estádio Alfredo Jaconi, na cidade de Caxias do Sul (RS). Após dois jogos, o time paranaense se mantém com 100% de aproveitamento, com seis pontos, mesma pontuação de Atlético-GO e do Fortaleza que lidera pelo saldo de gols: 5 a 4.

 
De volta à elite nacional após 14 anos, o Juventude esperava uma estreia em casa mais positiva. Não deu. Fica na parte debaixo da tabela com um ponto conquistado no empate fora com o Cuiabá, por 2 a 2, na Arena Pantanal. O primeiro tempo demorou para passar. Amarrado, truncado e sonolento, bem apropriado ao frio intenso no gramado. 


 
Mas tudo mudou no segundo tempo. Logo na primeira descida, o Athletico-PR abriu o placar em jogada bem trabalhada, com várias trocas de passe. Fernando Carnesin, na intermediária, abre o jogo pelo lado direito com Marcinho. O lateral faz o levantamento perfeito para Jadson que surge no primeiro pau para cabecear com força e no ângulo no primeiro minuto.

 
Não deu tempo nem do Juventude respirar porque aos quatro minutos aconteceu o segundo gol. Outra jogada bem trabalhada que começou com a abertura de Léo Citadini para o lado direito com Marcinho que ligou Matheus Babi dentro da área. Ele rolou a bola em direção ao meio da área, Carlos Eduardo fez o corta luz e a bola sobrou para o chute de Jadson no ângulo. Um golaço. Muita festa para ele, abraçado até pelos companheiros de defesa.

A vantagem desenhou outro cenário para o jogo, com o Athletico-PR passando a atuar de forma reativa. O Juventude até tentou ir no ataque, mas sem acertar o último passe para poder finalizar com perigo.

 
Do outro lado, o técnico português António Oliveira descansou seus jogadores com cinco substituições. Mesmo assim, ainda marcou o terceiro gol com Nikão aos 43 minutos. Após troca de passes pelo lado esquerdo, a virada de jogo achou Nikão livre do outro lado. Ele completou com chute rasteiro no canto.

Na terceira rodada, o Juventude vai enfrentar o Santos, sábado, às 19 horas, na Vila Belmiro, em Santos. No domingo, às 16 horas, o Athletico-PR vai pegar o Grêmio em Porto Alegre (RS). Antes disso, quinta-feira, às 19 horas, vai decidir com o Avaí a vaga nas oitavas de finais da Copa do Brasil. No primeiro jogo, disputado em Florianópolis, houve empate por 1 a 1.

 
FICHA TÉCNICA

JUVENTUDE-RS 0 x 3 ATHLETICO-PR

JUVENTUDE – Marcelo Carné; Michel Macedo, Vitor Mendes, Rafael Forster (Cleberson) e Alyson; João Paulo (Matheus Jesus), Guilherme Castilho e Wescley; Chico, Capixaba (Marcos Vinícios) e Matheus Peixoto (Fernando Pacheco). Técnico: Marquinhos Santos.

ATLETICO-PR – Santos; Marcinho, Zé Ivaldo, Thiago Heleno e Nicolas; Alvorado (Richard), Léo Citadini, Fernando Carnesin (Nikão) e Jadson (Terans); Carlos Eduardo (Vitinho) e Matheus Babi (Renato Kayzer). Técnico: António Oliveira.

GOLS – Jadson, a 1 e aos 4, e Nikão, aos 43 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Alvarado e Matheus Babi (Athletico-PR).

ÁRBITRO – Paulo Cesar Zanovelli (MG).

RENDA E PÚBLICO – Jogo com portões fechados.

LOCAL – Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).

com informação Agência Estado

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!