Com gol contra, Bahia perde para o Independiente e se complica na Sul-Americana

Apesar de ter feito um bom jogo diante do Independiente, da Argentina, o Bahia saiu derrotado por 1 a 0 na noite de terça-feira (18),  pela quinta e penúltima rodada da primeira fase da Copa Sul-Americana. O clube brasileiro jogou no estádio Libertadores da América, em Avellaneda, e criou as principais chances, mas não conseguiu marcar. O gol da vitória argentina foi ainda mais amargo, pois foi feito por Thonny Anderson, contra, já no fim da partida.

 
Recém-chegado ao Bahia e vindo do Red Bull Bragantino, Thonny Anderson entrou no segundo tempo em seu sexto jogo e ainda não marcou a favor do clube baiano. Mas o atacante revelado pelo Grêmio fez um gol contra e que pode eliminar o Bahia da competição.
Com o resultado, o Bahia caiu para segunda colocação do Grupo B e segue com oito pontos, três a menos do que o Independiente, que praticamente garantiu a classificação. 


 
 
Isso porque joga por um empate na última rodada diante do já eliminado Guabirá, da Bolívia, que perdeu seus quatro jogos até agora. A partida está marcada para quarta-feira (26), às 19h15, mesma data e horário em que o Bahia recebe o Montevideo City Torque, do Uruguai, no Pituaçu, em Salvador (BA).

 
Mesmo jogando fora de casa, o Bahia conseguiu impor certa pressão no começo da partida e levou perigo com cabeçada de Gilberto após cruzamento da direita. Outro lance importante ocorreu aos 23, em troca de passes curtos, quando Thaciano apareceu na grande área e chutou de primeira, mas para fora.

Depois disso, o time brasileiro deu mais espaço para o Independiente, que não conseguiu criar chances claras de gol. A chegada mais perigosa foi em chute de fora da área de Sebastián Palacios. O goleiro Douglas tentou encaixar, mas a bola escorregou e foi para escanteio.

No segundo tempo, o cenário se repetiu de forma intensificada, com o Bahia bem melhor. Até chegou balançar a rede, mas Daniel estava impedido em lance de falta. Rossi era acionado constantemente com sua velocidade e Rodriguinho também levou perigo em chute de fora da área e nas bolas paradas, duas delas com boas cabeçadas de Juninho.

 
O Independiente só chegou ameaçar o goleiro Douglas aos 26 minutos em bola parada. Barreto cabeceou para defesa tranquila do brasileiro. Até que aos 37 minutos, em outra falta, o time argentino abriu o placar. Depois do cruzamento, o atacante Thonny Anderson tentou tirar, mas trombou com o goleiro Douglas e mandou contra o próprio gol. O Bahia ainda chegou bem em uma cobrança de falta já nos acréscimos, cobrada por Matheus Galdezani, mas não conseguiu o empate.

com informação Agência Estado

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!