Fotos: Vanderleia Kochepka

Comitê Gestor de Quatro Pontes reúne empresários e industriários para orientações sobre a Covid-19

Preocupado com a diária elevação no número de casos ativos da Covid-19, o Comitê Gestor do Plano de Prevenção e Contingenciamento em Saúde Covid-19 de Quatro Pontes, com o apoio do Poder Público, promoveu na manhã de hoje (24) uma reunião com empresários e industriários na Casa da Cultura. O encontro contou, ainda, com a participação de prestadores de serviços e representantes de entidades religiosas, além da presidente da Câmara de Vereadores, Cleunice Majolo, e vereadores.

Gerida pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Davi Boufleuher, e o secretário de Saúde, Marco Antônio Wickert, a reunião objetivou apresentar, mediante dados e situações concretas, e orientar o público-alvo sobre a atual situação da Covid-19 no município, demonstrando, assim, o aumento dos casos, a falta de leitos na região de abrangência da 20ª Regional de Saúde de Toledo e a importância de seguir as medidas preventivas à doença.

A explanação foi realizada pela enfermeira do Setor de Epidemiologia, Maíra Risse, e o médico clínico geral, João Henrique Piva, que atuam na linha de frente contra a Covid-19 no Centro de Saúde, referência apenas para sintomas respiratórios. Baseados no boletim de ontem (23), os profissionais destacaram que Quatro Pontes têm 34 ativos, sendo que na última sexta-feira (14) era apenas um. Logo, há 63 pessoas isoladas e cinco estão no aguardo de resultado de exame. 

Eles expuseram, ainda, que a 20ᵃ Regional de Saúde de Toledo está com 100% dos leitos de UTI em uso, segundo o mapa de ocupação divulgado ontem. Também chama atenção a ocupação da enfermaria, que está em 76,32%. Logo, 19 pacientes aguardam vaga na UTI e 22 na enfermaria. Já na macrorregião, são 83 pessoas na espera de UTI e 75 de enfermaria. 

Assim, a fim de reduzir os casos ativos e ter um controle maior da situação, o médico e a enfermeira orientaram as pessoas presentes na reunião. “É importante explicar aos colaboradores que os mesmos não devem ir trabalhar em caso de sintomas e precisam procurar o Centro de Saúde para avaliação médica. Isso ajuda a diminuir o número de funcionários em isolamento e positivos, pois através da testagem se descartará ou não o caso”, enfatizam. 

Outros assuntos discutidos englobaram o processo de consulta, coleta, testagem, uso correto da máscara, medidas preventivas, isolamento social - evitando se reunir em grupos, novo decreto municipal, vacinação e também foi aberto espaço para perguntas e sugestões.

 

Envolvimento

 

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Davi Boufleuher, que integra o comitê e está à frente do Departamento de Fomento à Indústria, Comércio, Serviços e Turismo, agradece a expressiva participação dos convocados. “É importante esse envolvimento. Pontuamos novas regras de enfrentamento à Covid-19 e o momento oportunizou que os comerciantes, industriários e demais pessoas presentes sanassem suas dúvidas com a equipe da saúde. Pedimos a colaboração da sociedade e já agradecemos o empenho dos segmentos que movem a nossa economia. Qualquer dúvida estou à disposição na prefeitura”, diz.

 

Projeções

 

Projeções feitas por cientistas nos EUA e Brasil acenderam o alerta de especialistas sobre a possibilidade da terceira onda no país, com nova alta de óbitos. O Instituto de Métricas de Saúde e Avaliação da Universidade de Washington (EUA), o qual tem se destacado por suas projeções certeiras desde o início da pandemia, indica que o Brasil poderá chegar à trágica marca de 751 mil mortes por Covid-19 até 27 de agosto. E isso em cenário que inclui o uso de máscaras por 95% da população no país. 

No pior cenário projetado pelos analistas americanos, em que a variante P.1, que emergiu em Manaus e já se espalhou por 16 países latino-americanos, continue se espalhando e vacinados abandonem o uso de máscara, o Brasil pode voltar ao patamar de 3.300 mortes diárias em torno de 21 de julho e alcançaria 941 mil mortes em 21 setembro.

 

 

 

Fotos



Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!