Depen faz homenagem a servidores ao renomear unidades penais em Cascavel

Duas unidades penais de Cascavel foram renomeadas em forma de homenagem póstuma à dois servidores do Depen (Departamento Penitenciário do Paraná), que foram mortos nos anos de 2015 e 2016, quando estavam em serviço pela instituição.

A PIC-UP (Penitenciária Industrial de Cascavel - Unidade de Progressão) e a PEC (Penitenciária Estadual de Cascavel) foram renomeadas para PIMP-UP (Penitenciária Industrial Marcelo Pinheiro - Unidade de Progressão) e PETBC (Penitenciária Estadual Thiago Borges de Carvalho), respectivamente. As homenagens aconteceram na quarta-feira (28), em ambas as unidades, e contaram com a presença secretário da Sesp (Segurança Pública), Romulo Marinho Soares.

Os trâmites para a realização do procedimento passaram pela Coordenadoria Regional de Cascavel, através do diretor regional do Depen em Cascavel, Thiago da Costa Correia, que apresentou o projeto de trabalho para promover a homenagem, junto com o apoio do secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares. Ambas as homenagens foram publicadas em decretos, n° 6.729 e 6.4880. A ação teve o objetivo de valorizar os serviços prestados e também eternizar os nomes dos servidores.

RECONHECIMENTO
A unidade Penitenciária Industrial Marcelo Pinheiro - Unidade de Progressão (PIMP-UP) é uma homenagem ao policial penal Marcelo Fernando Pinheiro, que foi executado a tiros no dia 16 de março de 2015, quando exercia suas funções no CRAG (Centro de Regime Semiaberto de Guarapuava).

Já a unidade PETBC (Penitenciária Estadual Thiago Borges de Carvalho) () é uma homenagem ao policial penal Thiago Borges de Carvalho, que foi executado em uma emboscada no dia 20 de dezembro de 2016, quando retornava com a equipe do SOE (Setor de Operações Especiais) de uma revista Penitenciária Estadual de Londrina II.

 

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!