Deputada Leandre aponta defasagem de repasses do governo para o Samu

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados vai debater, nos próximos dias, a repactuação do cofinanciamento do SAMU, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, no Brasil.

O colegiado aprovou um requerimento apresentado pela deputada paranaense, Leandre Dal Ponte, do PV do Paraná, que aponta a defasagem dos repasses do Governo Federal ao SAMU e o peso para os cofres municipais.

O documento traz a defasagem nos números utilizados para o cálculo de coparticipação no pagamento dos serviços do SAMU.

A tabela, segundo Leandre, está sem atualização monetária desde 2013.

O custeio do SAMU é dividido pelo Governo Federal, Estados e pelos municípios.

Acontece que, segundo Leandre, a defasagem nos repasses do Governo Federal está onerando os municípios.

“Em razão do valor baixo repassado pelo governo federal nesta tripartite, o montante maior na responsabilidade fica para as administrações municipais, que estão sufocadas com os gastos na pandemia da Covid-19 e a baixa arrecadação”, afirma a deputada paranaense.

 

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!