Deyverson se despede do Alavés e Palmeiras estuda reintegrá-lo ao elenco

A diretoria se apressa para inscrever Deyverson antes do fechamento da janela de transferências internacionais, domingo, dia 23. Isso não quer dizer, porém, que o atacante será reintegrado ao elenco comandado por Abel Ferreira.

O clube vai ouvir novas propostas pelo atacante e é possível que ele seja negociado novamente, mas, se isso não acontecer, com o jogador regularizado, o técnico português, que já manifestou reiteradas vezes seu descontentamento com a falta de reforços – apenas o volante Danilo Barbosa foi contratado em 2021 – pode ganhar uma opção para o ataque.

 
Se conseguir regularizá-lo a tempo, o Palmeiras poderá usar Deyverson já a partir da próxima semana, na disputa do Brasileirão e da Copa do Brasil. Na Libertadores, ele entraria a partir das oitavas de final.

Deyverson teve uma passagem discreta pelo futebol espanhol desta vez. Fez apenas um gol e deu dois passes em 29 partidas. Na maior parte do empréstimo, o jogador foi reserva e utilizado somente no segundo tempo. No ano passado, ele já havia sido emprestado ao Getafe, que, assim como o Alavés, não exerceu a opção de compra. O atacante foi comprado pelo Palmeiras sem 2017 com aporte da Cresifa por R$ 19 milhões e seu vínculo com o time paulista se encerra em junho de 2022.

 
Abel Ferreira quer um novo centroavante em seu elenco, uma vez que constata que há uma carência nessa posição. A diretoria tentou viabilizar as contratações de Santos Borré, do River Plate, e Valentín Castellanos, do New York City, mas não teve sucesso nos dois casos.

Deyverson está atrás de Borja na fila para voltar a ter uma oportunidade. O colombiano vive ótima fase no Junior Barranquilla, é o artilheiro da Libertadores ao lado de Gabriel, do Flamengo, com seis gols, e tem boas chances de ser utilizado a partir de agosto, quando reabre a janela internacional e ele voltará de empréstimo.

com informação Agência Estado

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!