Foto: Catve

Envenenamento:usaram a credibilidade da empresa para cometer crime, diz advogado

A policia segue a investigação de tentativa de homicídio por envenenamento em Cascavel.

A reportagem da CATVE conversou com o advogado que representa a empresa envolvida na situação e comentou o caso.

De acordo com ele, tanto o homem que consumiu o alimento, tanto a empresa são vítimas dos criminosos.

O advogado explicou à equipe que foram utilizados o nome da empresa e a credibilidade dela. Também foi enviado uma carta como forma de dar legitimidade ao ato.

ENTENDA O CRIME
No dia 1° de abril a vítima recebeu em casa um pão de mel por uma empresa de entrega. A vítima comeu em outra semana, por volta do dia 7, quando passou mal e precisou ser hospitalizada.

No pacote estavam a logo e uma carta de empresa da cidade em que a vítima tinha relação comercial.

A esposa do homem, ao ligar no estabelecimento, questionou onde foi solicitado para fazer o alimento, quando foi informada de que nada foi enviado por eles.

A partir deste momento o caso foi encaminhado à Polícia Civil para apurar quem de fato enviou o alimento para possível responsabilização.

Em entrevista coletiva, o delegado Diego Valim, da Delegacia de Homicídios, não deu detalhes sobre o caso, mas informou que os profissionais já estabeleceram uma linha de investigação.

As amostras foram enviadas a Curitiba para análise pericial.
 

com informaçaõ da Catve

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!