Falsa enfermeira é presa em Apucarana com doses da vacina contra a Covid-19

Uma enfermeira foi presa neste sábado (15), após oferecer doses da vacina contra a Covid-19 em Apucarana, no Norte Central do estado.

Atendendo pedido do Ministério Público do Paraná (MPPR), por meio da 2ᵃ Promotoria de Justiça, o Juízo da Comarca expediu mandado de busca e apreensão na residência de uma falsa enfermeira admitida para trabalhar como voluntária do processo de vacinação no Município.

A medida judicial foi cumprida neste sábado (15), pela Polícia Civil, que localizou doses de vacina em poder da mulher.

O MPPR requereu ao Juízo a expedição do mandado após denúncia de que a falsa enfermeira teria oferecido doses de vacina a pessoas não contempladas nos grupos prioritários, por meio do aplicativo WhatsApp. Durante o cumprimento da determinação judicial, as doses de vacina foram apreendidas (um frasco da Astrazeneca, com cinco doses; um de CoronaVac com um número ainda não determinado de doses e um vazio) e a falsa enfermeira foi presa em flagrante pelo crime de peculato, podendo responder também pelos crimes de falsidade ideológica e infração de medida sanitária.

O MPPR dará continuidade às investigações com intuito de esclarecer, entre outras coisas, o possível envolvimento de servidores públicos na subtração das doses. Será apurada também a eventual responsabilização de pessoas que possam ter sido beneficiadas com a aplicação da vacina.
 

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!