Foto: Evaldo Sérgio/Diário do Conesul

Família é torturada com 'roleta-russa' por ladrões e fica por mais de 5 horas em cárcere em MS

Uma família foi torturada por três ladrões com o método de "roleta-russa" e mantidos em cárcere por mais de 5 horas dentro da própria residência, em Itaquiraí, a 395 km de Campo Grande, no MS. As informações foram registradas em Boletim de Ocorrência na manhã da segunda-feira (5).


No boletim, a Polícia Civil descreveu que os ladrões "passaram a tortura-los apontando arma de fogo o tempo todo e fazendo ameaças de atirar, inclusive municiando o cilindro da arma com uma munição e acionando o gatilho e suas direção, tipo "roleta-russa". O registro da ocorrência aponta que a família foi mantida em cárcere das 19h dessa domingo (4), até às 0h20 de segunda (5).


Para entrar na residência, o casal contou no BO que, um dos ladrões teria pedido socorro ao lado de fora da residência, momento em que o homem saiu para prestar ajuda. Neste momento, outros dois homens, encapuzados, adentram ao recinto e anunciaram o assalto.
No BO, está descrito que os três homens portavam armas de fogo e ao entrar na casa, derrubaram a porta do quarto em que a mulher e os dois filhos, de 2 e 9 anos, estavam.


Após as horas de tortura, os ladrões roubaram o carro e uma caminhonete. No BO, é informado que dois assaltantes levaram os carros, e um permaneceu na residência, mantendo a família em cárcere. Em um determinado momento, o ladrão que ficou na residência, teria saído para ligar para os comparsas, então, a família aproveitou a deixa para fugir pelos fundos do local.
 
O delegado que investiga o caso, Eduardo Lucena, disse que as diligências estão sendo feitas e os bandidos senguem sendo procurados.

Com informação do G1/MS

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!