Festa Clandestina com 80 pessoas é interrompida em Maringá

O Grupo de Gestão Integrada flagrou e acabou com uma festa clandestina no final da noite de sexta-feira (16) no Jardim Monções, em Maringá.

O evento realizado em uma rua sem saída nos fundos do bairro reuniu 21 automóveis e aproximadamente 80 pessoas. A maioria jovens.

O flagrante aconteceu depois de denúncias da comunidade indicando aglomeração, som alto, consumo de bebida alcoólica, entre outras situações em descumprimento ao decreto municipal em prevenção ao coronavírus. Alguns participantes da festa tentaram fugir da abordagem do GGI correndo por uma mata próxima.

O secretário de Segurança de Maringá, Ivan Quartaroli, comandou as vistorias da noite e ordenou que os veículos fossem colocados em fila e todos os ocupantes foram autuados. A maior parte do grupo estava consumindo bebida alcoólica. Além de tentar fugir da abordagem, algumas pessoas também se esconderam deitadas no banco de trás dos carros para que não fossem abordadas.

O risco de contaminação pelo coronavirus era alto, tanto pela aglomeração de pessoas, falta da máscara de proteção, compartilhamento de garrafas e copos, entre outras situações.

O GGI também vistoriou bares, boate e outros estabelecimentos no Jardim Aclimação, na Zona 7, no Jardim Guiraçá, na avenida Petrônio Portela, na avenida Colombo, na avenida Gastão Vidigal, entre outros.

As Vistorias seguem no sábado (17) e domingo (18) com saídas às 9h, 14 e 20h da Guarda Municipal. As denúncias devem ser feitas no 153 (Guarda Municipal), 156 (Ouvidoria) e na Ouvidoria Online. O balanço com dados do final de semana será divulgado na manhã da próxima segunda-feira (19).

Participaram ontem as secretarias de Fazenda, de Saúde, de Meio Ambiente, de Mobilidade Urbana, Comunicação, Procon, Proge, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros, polícias Civil e Militar.

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!