Flamengo goleia La Calera com 2 gols de Gabriel e segue perfeito na Libertadores

O Flamengo segue perfeito na Libertadores, liderando o grupo com 6 pontos e 100% de aproveitamento. Na terça-feira (27), no Maracanã, não tomou conhecimento do frágil Unión La Calera, do Chile, ganhando fácil por 4 a 1, com belo trabalho coletivo de seu setor ofensivo e gols bem trabalhados. Destaque para Gabriel, que marcou duas vezes.

Arrascaeta, Bruno Henrique e o camisa 9 se destacaram num ótimo treino para o Flamengo de como furar fortes marcações. Pedro entrou no fim e ainda fez o dele. Apenas ficou a lição que, quando o adversário é fraco, disposição e concentração devem ser durante os 90 minutos. Numa volta preguiçosa do intervalo, o time rubro-negro passou sustos desnecessários com gol de Sáez e outra chance clara perdida pelos chilenos. 



 
Disposto apenas a se defender no Rio, atrás de seu segundo pontinho na Libertadores, o La Calera não escondeu que iria ficar atrás o máximo que pudesse. Por vezes, apareceu com até nove jogadores dentro de sua própria área. E os outros dois também não passavam da intermediária.

Diante desse paredão defensivo, o Flamengo sofreu nos minutos iniciais para finalizar no alvo, apesar de o jogo ser disputado num espaço mínimo do campo. A estratégia de respeito, ou covardia, dos visitantes, deu certo por somente 30 minutos.

Numa troca rápida de passes, Arrascaeta serviu Gabriel, que anotou seu sexto gol desde a volta das férias. Foram oito jogos disputados pelo artilheiro, que concluiu bem a jogada criada de forma coletiva e terminou com passe preciso do uruguaio.

E que ano faz o gringo flamenguista. Depois de abrir a porteira, o time carioca logo ampliou. Desta vez em contragolpe. Arrascaeta pegou a bola ainda na defesa e mandou para Bruno Henrique. Recebeu de volta e bateu no cantinho de Arias.

Mesmo com a enorme desvantagem, o La Calera voltou com a mesma postura, precavida. Apenas com peças diferentes. E se deu bem com uma das apostas de Luca Marcogiuseppe no intervalo. Sáez recebeu ótimo lançamento e diminuiu o placar no segundo ataque chileno em todo o jogo.

Os cariocas retornaram desligados e acabaram sofrendo um gol em bobeira defensiva. Só depois de ver os chilenos tentarem reação, que a equipe de Rogério Ceni acordou na etapa. E voltou o bombardeio ao gol de Arias. Gabriel teve duas boas oportunidades e perdeu, uma após presente do goleiro. Ainda reclamou de um pênalti ignorado pelo árbitro.

Se Arias quase entrega de um lado, Diego Alves fez o mesmo do outro. Mas os chilenos também não souberam aproveitar a saída errada do goleiro. O Flamengo perdia gols na frente e dava uns brancos imperdoáveis atrás.

Mas tem um ataque arrasador e qualquer vacilo é fatal. Os chilenos erraram na saída de bola e Bruno Henrique tocou para o artilheiro deixar o resultado novamente tranquilo. Sétimo gol de Gabriel e 3 a 1 no placar. A goleada veio dos pés de Pedro, que entrou e já foi logo deixando o seu em contra-ataque perfeito. Um lindo gol.

Agora o Flamengo volta as atenções para as semifinais do Estadual. Sábado encara o Volta Redonda, a quem bateu por 2 a 1 faz uma semana, possivelmente com a repetição da escalação alternativa usada naquele jogo.

Os titulares devem ser preservados para o duro compromisso com a LDU, na sempre desumana altitude de 2.850 metros de Quito, terça-feira, que vale o primeiro lugar da chave após vitória equatoriana por 3 a 1 sobre o Vélez Sarsfield. O time do Equador subiu para quatro pontos.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 3 X 1 UNIÓN LA CALERA

FLAMENGO – Diego Alves; Isla, Willian Arão (Léo Pereira), Bruno Viana e Filipe Luís; Diego (João Gomes), Gerson, Éverton Ribeiro (Vitinho) e Arrascaeta (Michael); Bruno Henrique (Pedro) e Gabriel. Técnico: Rogério Ceni.

UNIÓN LA CALERA – Arias; Ramírez (Fernández), Christian Vilches, García e Oyanedel; Valencia (Martínez), Castellani (Liuzzi), Wiemberg e Vargas (Valdivia); Cavalleri (Sáez) e Andrés Vilches. Técnico: Luca Marcogiuseppe.

GOLS – Gabriel, aos 30, e Arrascaeta aos 34 minutos do primeiro tempo; Sáez, aos 11, Gabriel, aos 33, e Pedro aos 39 do segundo.

ÁRBITRO – José Argote (Venezuela).

CARTÕES AMARELOS – Vitinho (Flamengo) e Valencia (La Calera).

LOCAL – Maracanã.

com informação Agência Estado

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!