Foto:MP-PR

Gaeco oferece denúncias no âmbito de investigação sobre fraudes a licitações

O Ministério Público do Paraná, por meio do núcleo de Londrina (Norte-Central do estado) do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), ofereceu duas denúncias no âmbito da Operação Pasteiros, que investiga associação criminosa suspeita de envolvimento em esquema de fraudes a licitações, falsidades ideológicas e outros crimes.

 

 

 

As denúncias foram apresentadas na semana passada (dias 29 e 30 de abril).

 

 

 

Na primeira, foram denunciadas 24 pessoas e requerido o ressarcimento de R$ 766.262,37, e na segunda são 19 denunciados, além da solicitação do ressarcimento de R$ 102.743,34.

 

 

 

Ambas as denúncias foram pelos crimes de associação criminosa e fraudes a licitações.

 

 

 

Os atos ilícitos teriam ocorrido nas prefeituras dos Municípios de Abatiá, Andirá, Assaí, Dois Córregos, Florestópolis, Mandaguaçu, Prado Ferreira, Santa Amélia, Sertaneja e Uraí, todos no Paraná, além de Buritama, em São Paulo.

Com informação do MPPR

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!