Grêmio aproveita ‘apagão’ do Pelotas para se reabilitar no Gauchão com goleada

O Pelotas foi até a Arena do Grêmio, em Porto Alegre, no domingo (28), para jogar por uma bola e não escondeu que ficaria satisfeito com um empate. Mas um apagão na metade do segundo tempo fez o time ser goleado pelo Grêmio por 4 a 0, pela sétima rodada do Campeonato Gaúcho.

 
Depois de encerrar o jejum de dois jogos sem vitória, o Grêmio chegou aos 13 pontos e subiu para a vice-liderança, atrás apenas do rival Internacional, que tem 16. Já o Pelotas estacionou nos seis e, na 10.ª colocação, está na beira da zona de rebaixamento. 


 
No primeiro tempo, o Grêmio teve mais posse de bola, mas encontrou muitas dificuldades para furar o bloqueio do Pelotas. Não é a toa que a melhor oportunidade foi em um lance de bola parada. Aos 40 minutos, Diego Souza cobrou por cima da barreira e mandou na rede pelo lado de fora.

Na saída para o intervalo, Diego Souza cobrou mais “capricho” dos companheiros. E foi justamente isso que o Grêmio teve no segundo tempo. Antes, porém, o time quase viu o Pelotas abrir o placar na falta de Marcelo defendida pelo goleiro Brenno.

 
Depois do susto, o Grêmio acordou e aproveitou um apagão do Pelotas para golear. Ricardinho aproveitou boa troca de passes do ataque tricolor e abriu o placar aos 21. Quatro minutos depois, Gabriel Leite saiu jogando errado com Marcelo e a bola sobrou para Alisson ampliar.

Aos 31 minutos, Diego Souza cobrou falta no canto do goleiro e fez o terceiro. Em mais uma falha da defesa pelotense, Ferreira roubou a bola dentro da área e bateu colocado. A bola ainda acertou a trave antes de entrar. João Vieira deixou o Pelotas com um a menos ao ser expulso.

Os times não terão muito tempo para descansar até a oitava rodada. O Grêmio encara o São Luiz, às 21h30 desta quarta-feira, em Ijuí (RS), enquanto que o Pelotas recebe o Esportivo, às 22 horas de quinta, no estádio Boca do Lobo, em Pelotas (RS).

com informação Agência Estado

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!