Guarani goleia Operário fora e assume a liderança provisória da Série B

Em uma partida movimentada e intensa, com duas expulsões e sete gols, o Guarani aproveitou as falhas da defesa do Operário para conseguir a primeira vitória no Campeonato Brasileiro da Série B na noite da terça-feira (01), ao ganhar por 5 a 2, no estádio Couto Pereira, em Curitiba, na abertura da segunda rodada.

A primeira vitória coloca o Guarani na liderança isolada, mas provisória, da Série B, com quatro pontos. Já o Operário, que ganhou do Vasco por 2 a 0 no Rio de Janeiro, estacionou nos três e caiu para o sexto lugar. 


 
Os dois times fizeram um ótimo primeiro tempo. Até de forma surpreendente, o time paulista chegou a fazer 2 a 0. Aos oito, em saída errada da defesa paranaense, Davó desceu em velocidade e rolou para Bruno Sávio abrir o placar. Depois, aos 26, Bruno Silva acertou o ângulo de Simão em chute de fora da área.

 
Três minutos depois, o Operário diminuiu com Jean Carlo completando cruzamento rasteiro. Mas o Guarani fez o terceiro no minuto seguinte com Régis aproveitando falha de Simão. Ainda antes do intervalo, o time paranaense assustou com Leandrinho e Ricardo Bueno, enquanto os paulistas tiveram um gol mal anulado.

Logo aos quatro minutos do segundo tempo, Rodolfo Filemon voltou a falhar e Davó encaminhou a vitória do Guarani ao fazer o quarto gol. Na sequência, aos 12, Ricardo Bueno aproveitou rebote de Rafael Martins para diminuir. O gol animou o Operário, que continuou no ataque.

Sem conseguir marcar o terceiro, o time paranaense diminuiu o ritmo e só voltou a pressionar nos minutos finais. Foi então que o clima esquentou entre jogadores dos dois times. Após uma dividida pelo alto, o goleiro Rafael Martins e o lateral Alex Silva foram expulsos.

 
Aos 48 minutos, o estreante Lucão do Break dominou na entrada da área e acertou o ângulo de Simão, fazendo o quinto gol do Guarani. Na comemoração teve a dança ao ritmo do break pelo primeiro gol marcado com a camisa do time paulista.

Os times agora vão ter um período livre até a terceira rodada. O Operário só volta a campo no próximo dia 13, contra o Vitória, às 20h30, no Barradão, em Salvador. Dois dias antes, o Guarani recebe o Náutico, às 21h30, no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas.

FICHA TÉCNICA

OPERÁRIO 2 X 5 GUARANI

 
OPERÁRIO – Simão; Alex Silva, Reniê, Rodolfo Filemon e Silva; Leandro Vilela (Fábio Alemão), Rafael Chorão (Marcelo) e Leandrinho (Schumacher); Jean Carlo (Rafael Oller), Ricardo Bueno e Rodrigo Pimpão (Thomaz). Técnico: Matheus Costa.

GUARANI – Rafael Martins; Pablo, Thales (Índio), Carlão e Bidu; Bruno Silva, Rodrigo Andrade e Régis (Tony); Bruno Sávio (Gabriel Mesquita), Davó (Lucão do Break) e Júlio César (Matheus Souza). Técnico: Daniel Paulista.

GOLS – Bruno Sávio, aos oito, Bruno Silva, aos 26, Jean Carlo, aos 29, e Régis, aos 30 minutos do primeiro tempo; Davó, aos quatro, Ricardo Bueno, aos 12, e Lucão do Break, aos 48 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Rodrigo Batista Raposo (DF)

CARTÕES AMARELOS – Régis, Bidu, Thales e Lucão do Break (Guarani)

CARTÕES VERMELHOS – Alex Silva (Operário); Rafael Martins (Guarani)

LOCAL – Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).

com informação Agência Estado

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!