Internacional supera Juventude e fatura a 1ª vitória no Beira-Rio

No duelo gaúcho que encerrou o domingo (18), pela 12.ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Internacional conseguiu acabar com um jejum de vitórias dentro de casa. Depois de ficar oito jogos sem vencer no Beira-Rio, o time colorado ganhou do Juventude por 1 a 0. Em uma partida bastante equilibrada, Thiago Galhardo marcou, de cabeça, o gol da vitória no começo do segundo tempo.

 
O Inter chegou aos 14 pontos e agora aparece na 13ª colocação. Em 12 jogos disputados no Brasileirão, venceu três, empatou cinco e perdeu quatro. Já o Juventude chegou a quarto jogo sem vitória e estacionou nos 13 pontos, vindo logo atrás do rival na 14.ª posição. 


 
 
Boa parte do primeiro tempo foi dominado pelo Inter, que teve mais posse de bola e criou as melhores chances para abrir o placar. Com uma boa dinâmica e infiltrações pelos lados do campo, o time da casa criou a primeira oportunidade clara de gol aos 17 minutos. Thiago Galhardo ganhou dos zagueiros e tocou para Taison, que ficou de frente para o gol, mas o goleiro Marcelo Carné conseguiu fazer a defesa à queima-roupa.

 

 
Mesmo apagado, o Juventude conseguiu responder e chegou a balançar as redes, mas depois do lance ser analisado pelo VAR, o gol foi anulado. Aos 31 minutos, Wescley tentou fazer um gol olímpico, porém, quando a bola já estava entrando, Rafael Forster escorou para o gol, mas a bola acabou batendo no braço do jogador.

Na volta do intervalo, o Inter foi para cima e enfim conseguiu abrir o placar aos cinco minutos, com um golaço. Heitor cruzou na medida para Thiago Galhardo, que testou firme, sem chances para o goleiro.

Depois do gol, os donos da casa cresceram ainda mais e tiveram mais duas boas chances para ampliar, a primeira com o próprio Galhardo e a outra com Taison.

Do outro lado, o Juventude acabou se desesperando e perdendo a cabeça. Tanto que aos 33 minutos, depois de revisar um lance no VAR, o árbitro viu uma cotovelada de Guilherme Castilho no adversário e expulsou o meio-campista. Com um jogador a menos, o time alviverde se fechou na defesa e tentou responder em contra-ataques rápidos. Já o Inter teve chances para ampliar, mas não aproveito

 
Agora, o Inter retorna as suas atenções para as oitavas de final da Libertadores e volta a campo na próxima quinta-feira, dia 22, quando recebe o Olimpia, no duelo de volta, às 21h30, no Beira-Rio. Empatou fora sem gols e precisa vencer. Já o Juventude terá mais de uma semana de preparação para encarar a Chapecoense, na próxima segunda-feira (26), às 18h, no estádio Alfredo Jaconi.

FICHA TÉCNICA:

INTERNACIONAL 1 x 0 JUVENTUDE

INTERNACIONAL – Daniel; Heitor, Bruno Méndez, Victor Cuesta e Paulo Victor (Moisés); Rodrigo Lindoso, Caio Vidal (Palacios), Edenílson (Johnny), Patrick (Maurício) e Taison (Yuri Alberto); Thiago Galhardo. Técnico: Diego Aguirre.

 

 
JUVENTUDE – Marcelo Carné; Michel, Vitor Mendes, Rafael Foster e William Matheus; Elton (Marcos Vinícius), Matheus Jesus (Jadson), Guilherme Castilho e Wescley (Chico); Paulinho Boia (Fernando Pacheco) e Matheus Peixoto (Capixaba). Técnico: Marquinhos Santos.

GOL – Thiago Galhardo, aos cinco minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS Paulo Victor, Caio Vidal e Edenílson (Internacional); Vitor Mendes, Paulinho Boiá e Marcelo Carné (Juventude).

CARTÕES VERMELHOS – Guilherme Castilho e Marquinhos Santos (Juventude).

ÁRBITRO – Rodolpho Toski Marques (PR).

RENDA E PÚBLICO – Jogo sem torcida.

LOCAL – Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

com informação Agência Estado

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!