Jovem suspeita de matar o marido diz que cometeu crime para não ser mais agredida

Uma mulher de 21 anos foi presa, na quinta-feira (10), suspeita de assassinar o marido, de 27, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. A Polícia Civil cumpriu o mandado de prisão na cidade de Ivaí, localizada cerca de 208 quilômetros da capital.

O crime aconteceu na noite de 28 de outubro de 2019, no bairro Costeira. Segundo a polícia, o corpo da vítima foi encontrado em uma residência, deitado na cama, com vários disparos de arma de fogo. Na época, ainda de acordo com a polícia, a mulher alegou às equipes que três homens teriam entrado na casa para executar a vítima.

A Delegacia de São José dos Pinhais começou a investigar o caso e comprovou, segundo a polícia, de que a versão dada pela mulher era falsa. As investigações apontaram que a mulher teria aguardado o momento em que a vítima foi dormir e a executou com a sua própria arma de fogo.

Ao ser presa, a mulher foi levada à delegacia e interrogada. Ela, dessa vez, segundo a Polícia Civil, relatou um histórico de agressões, abusos e violência doméstica que estaria sofrendo e que, por estes motivos, teria matado a vítima.

A partir de agora, a mulher está detida na Delegacia de Ponta Grossa e permanece a disposição da justiça. A indiciada não possui antecedentes criminais e poderá receber uma pena de até 30 anos de prisão, caso seja indiciada pelo crime.

Com informação da Catve e Banda B

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!