Foto: Catve

Laudo médico de menino de 3 anos aponta agressões

 laudo médico do menino de 3 anos apontou que ele sofreu agressões, que levou ao rompimento do pâncreas e em seguida à hemorragia interna.

Segundo o Delegado responsável pela investigação, havia suspeitos que a criança teria sido vítima de abuso sexual, mas não foi constatado no laudo.

Conforme informado à equipe de reportagem, o padrasto dele, que foi quem o levou à UPA (Unidade de Pronto Atendimento), foi preso em flagrante.

As equipes da PCPR (Polícia Civil do Paraná) e PM (Polícia Militar) atenderam a ocorrência e realizaram as investigações iniciais. Além disso, os familiares do menino foram ouvidos pela pela Polícia Civil.

A criança morreu em parada cardiorrespiratória na manha de quinta-feira (25).

O padrasto está encarcerado, entretanto, não divulgaram à Catve o local.

Com informação da Catve

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!