Foto: Ferroviária

Luan ‘acorda’ no 1º tempo, mas Corinthians perde invencibilidade em Araraquara

O Corinthians perdeu uma invencibilidade de dez jogos, na terça-feira (13), ao ser derrotado pela Ferroviária, por 2 a 1, de virada, em Araraquara, em jogo válido pelo Campeonato Paulista. Com o resultado, o time do Parque São Jorge continua com 14 pontos na liderança do Grupo A, enquanto a Ferroviária é a vice líder do B, com dez.

 
O Corinthians teve seu melhor desempenho do ano nos primeiros 45 minutos, com boa atuação do meia Luan, mas na segunda etapa sentiu a parte física, sendo pressionado pelo time da casa e mereceu perder o primeiro jogo na competição estadual. 

 
O primeiro tempo de Luan fez lembrar em parte aquele jogador que foi eleito o melhor da América em 2017. Livre para criar as jogadas do Corinthians, o meia se movimentou bastante, finalizou com perigo e ainda deu a assistência para o único gol dos primeiros 45 minutos.

O bom futebol do camisa 7 fez o Corinthians ter uma sensação diferente neste Paulistão: o de dominar um adversário. Em meia hora, o alvinegro finalizou sete vezes e poderia ter conseguido um placar mais elástico não fosse a boa atuação do goleiro Sandro, com pelo menos duas boas defesas, além de um chute de Otero no travessão.

 
Apesar do domínio, o Corinthians voltou a mostrar algumas falhas no setor defensivo. Em uma delas, Renato Cajá descobriu Felipe Marques. O atacante correu livre, mas finalizou em cima de Cássio, que saiu bem do gol. No escanteio, Everton pegou o rebote e fez o gol, mas o VAR flagrou Xandão em impedimento e anulou o lance, aos 35 minutos.

Aos 42, Luan fez ótima assistência no peito de Camacho, que abriu o placar. O time da Ferroviária reclamou demais uma saída de bola no início da jogada, com João Victor.

No segundo tempo, o Corinthians do início da temporada voltou à ação. O time de Mancini voltou a ser pressionado, com a Ferroviária levando perigo, mas parando em mais uma boa atuação de Cássio. O goleiro se apresentou muito bem em pelo menos dois lances.

 
Mas as falhas de passes e posicionamentos foram constantes na zaga corintiana até que Xavier perdeu a bola na área e Hygior cruzou para Higor Meritão bater firme: 1 a 1, aos 28 minutos.

E o Corinthians correu sérios riscos de perder a invencibilidade de 11 jogos. Rogério e Hygor estiveram diante de Cássio, mas falharam nas finalizações. De tanto tentar, a Ferroviária conseguiu a vitória e veio em bela cobrança de falta de Xandão, que também teve falha de Cássio.

FICHA TÉCNICA

FERROVIÁRIA 2 X 1 CORINTHIANS

 
FERROVIÁRIA – Saulo; Diogo Mateus, Matheus Salustiano, Xandão e Arthur Henrique; Higor Meritão, Vinícius Zanocelo (Yuri), Renato Cajá (Hygor) e Everton (Fellipe Mateus); Felipe Marques (Anderson Rosa) e Bruno Mezenga (Rogério). Técnico: Pintado.

CORINTHIANS – Cássio; João Victor, Jemerson, Raul Gustavo e Lucas Piton; Xavier (Ramiro), Camacho (Roni), Luan (Araos) e Otero (Adson); Léo Natel (Gabriel Pereira) e Jô. Técnico: Vagner Mancini.

GOL – Camacho, aos 42 minutos do segundo tempo. Higor Meritão, aos 28, e Xandão, aos 43 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Thiago Luis Scarascati.

LOCAL – Araraquara.

com informação Agência Estado

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!