Foto: CGN

Mãe é a principal suspeita de matar bebê de cinco meses e amputar braços e pernas

Na última segunda (17), corpo de uma criança foi encontrado por um cachorro da raça Pitbull. O cadáver estava enterrado em uma cova rasa no quintal de uma casa onde o bebê vivia com mãe de 22 anos, principal suspeita pelo crime. 

 
Na quinta-feira (20) a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) divulgou que a análise preliminar realizada, indicou que o bebê de 5 meses encontrado com os braços e pernas amputados em Sorriso, Mato Grosso, foi morto em decorrência de traumatismo craniano.


 
De acordo com o delegado José Getúlio Daniel, existem indícios suficientes de que a mãe é a autora do crime. Entre eles, o fato de que a mulher vendeu objetos ilícitos pouco após a morte da criança. Objetivo seria juntar dinheiro para custear sua fuga.

A mulher foi presa preventivamente pela Polícia Civil em Porto Velho, em Rondônia, enquanto tentava entrar em uma embarcação rumo ao município de Manaus, no Amazonas. Segundo as investigações, a suspeita teria o intuito de se esconder na cidade.

Com informação da CGN

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!