Mãe que vendia fotos eróticas da filha de 11 anos pela internet é presa

Uma mãe que fotograva e comercializava fotos eróticas do própria filha de 11 anos foi presa na terça-feira (18) em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Ela era investigada pelo Polícia Federal desde 2016. A mulher chegou a ser presa em 2017, mas a acabou a ser liberada por falta de provas na época.

“Em 2016, ela foi investigada pela Polícia Federal e ela fornecia materiais de pornografia infantil para a divulgação na internet da filha de apenas 11 anos de idade. Ela (a mãe) recebia um valor em contrapartida”, explicou a delegada do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes de Curitiba (Nucria), Ellen Victer.

Além dela, 11 suspeitos de envolvimento com o abuso e a exploração sexual infantil em seis cidades do Paraná foram presos e outros três estão sendo procurados na manhã de terça-feira (18).

Com informação do Goionews

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!