Mais uma vítima da altitude de La Paz, Internacional perde na estreia da Libertadores

O Internacional estreou com derrota na edição 2021 da Copa Libertadores, ao perder, na terça-feira (20), para o Always Ready, por 1 a 0, em La Paz, na Bolívia, em jogo válido pelo Grupo B, que tambéem registrou a vitória por 3 a 2 do Deportivo Táchira, da Venezuela, sobre o Olimpia, do Paraguai.

A segunda rodada da chave vai ter Internacional x Deportivo Táchira, terça-feira que vem, em Porto Alegre, além de Olímpia x Always Ready, em Assunção, no dia 29. 


 
Como sempre acontece, o panorama do jogo se repetiu na altitude de 3,6 mil metros de La Paz, que facilitou o trabalho do Always Ready. O time boliviano esbanjou fôlego, mas mostrou grande deficiência técnica para sorte do Internacional.

 
O time gaúcho chegou a se posicionar várias vezes com duas linhas: uma de seis e outra de quatro jogadores. Valorizou demais a posse de bola e qualquer falta para ganhar tempo. Visivelmente, o time do técnico Miguel Ángel Ramírez se poupou, evitando os lançamentos e abusando do toque de bola, mas foi muito tímido no ataque até a primeira meia hora de jogo.

O Always Ready adiantou sua marcação e tentou imprimir forte ritmo durante todo o tempo, além de arriscar chutes de longa distância, todos muito bem interceptados pelo goleiro Marcelo Lomba. Os destaques do time boliviano foram os atacantes Arce, ex-Corinthians, e Overejo. A movimentação constante de Machado, Sanguinetti e Rodrigo Ramalho também incomodou a defesa gaúcha, que só cometeu três faltas nos primeiros 45 minutos.

 
Com mais confiança e mais adaptado à falta de ar, o Inter foi mais presente no campo de ataque nos dez minutos finais, graças ao bom desempenho de Caio Vidal pela direita.

O Inter voltou para o segundo tempo com Yuri Alberto com a missão de puxar os contra-ataques e o jovem atacante cumpriu em parte. Já o Always continuou apostando nos chutes de longe e conseguiu o primeiro gol aos oito minutos, com Saucedo, que acertou o ângulo superior direito de Lomba.

Com a desvantagem, o Inter abdicou do ataque e passou a sofrer pressão da equipe boliviana, mas sem muita criatividade. Lomba foi ter problemas aos 30 minutos, quando Rpdrigo Ramalho chegou quase na pequena área, mas chutou fraco.

 
O Inter, em um lance isolado, quase conseguiu o empate, mas o chute cruzado de Yuri Alberto explodiu no travessão do gol boliviano. Mas sofreu o castigo, aos 50 minutos, ao sofrer o segundo gol boliviano, marcado por Algaranaz. Foi a primeira vitória do Always Ready na história da Libertadores.

FICHA TÉCNICA

ALWAYS READY 2 X 0 INTERNACIONAL

ALWAYS READY – Lampe; Vander (Samuel Galindo), Cummings, Cabrera e Flores; Saucedo, Cristhian Machado (Enoumba), Juan Arce (Edemir Rodríguez) e Sanguinetti (Mosquera); Ovejero (Algarañaz) e Rodrigo Ramallo. Técnico: Omar Asad.

INTERNACIONAL – Marcelo Lomba; Heitor, Zé Gabriel, Víctor Cuesta e Moisés (Rodinei); Rodrigo Dourado, Edenílson (Praxedes) e Maurício; Palacios (Yuri Alberto), Thiago Galhardo e Caio Vidal (Lucas Ribeiro/Nonato). Técnico: Miguel Ángel Ramírez.

GOLS – Saucedo aos oito minutos do primeiro tempo. Algaranaz aos 50 do segundo tempo.

ÁRBITRO – Nicolas Gallo (COL).

 
CARTÕES AMARELOS – Vander, Palacios, Heitor, Maurício, Cummings, Moisés, Algarañaz, Zé Gabriel.

LOCAL – Estádio Hernando Siles, em La Paz.

com informação Agência Estado

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!