Messi faz 2, Barcelona goleia Athletic Bilbao e é campeão da Copa do Rei

Com dois gols de Lionel Messi e um show no segundo tempo, o Barcelona goleou o Athletic Bilbao por 4 a 0, no sábado (17), e se sagrou campeão da Copa do Rei. Longe de fazer uma grande temporada, o time catalão chegou ao 31º título da competição, ampliando sua vantagem como maior campeão do torneio nacional.

 
Além de Messi, também brilharam Frenkie de Jong, autor de um gol e duas assistências, e Jordi Alba, com dois passes para gol no estádio de La Cartuja, na cidade de Sevilha. A conquista pode ter sido a última de Messi com a camisa do Barcelona, uma vez que o argentino tem contrato somente até o fim da temporada e ainda não definiu seu futuro. 


 
Eliminado nas oitavas de final da Liga dos Campeões e apenas o terceiro colocado no Espanhol, o Barcelona apostava na Copa do Rei como sua maior chance de título na temporada. E isso ficou claro logo nos primeiros minutos de jogo. Messi e companhia cercaram a área do Bilbao, em forte pressão.

Logo aos quatro minutos, De Jong recebia passe de Messi e acertava o pé da trave. Parecia o anúncio de um massacre. Mas o Athletic se segurou bem na defesa e conteve o ímpeto dos catalães. Aos poucos, até passou a se arriscar no ataque, sem maior perigo à defesa do Barça ao longo dos 90 minutos.

 
O duelo chegou a ficar equilibrado nos minutos finais do primeiro tempo. Mas tudo mudou no segundo. Super ofensivo, o favorito começou novamente impondo pressão. Aos 2, Dest cruzou rasteiro da direita e Griezmann desperdiçou grande chance ao mandar nos pés do goleiro. Em seguida, o Barcelona precisou de oito minutos para alterar completamente o panorama do confronto.

A artilharia teve início aos 14, quando Messi acionou De Jong e do lado direito partiu o cruzamento rasteiro para Griezmann, desta vez sem hesitar, completar para as redes. Três minutos depois, De Jong passou de “garçom” para finalizador. E anotou o segundo, de cabeça, após passe de Alba.

Mais cinco minutos, e o meia holandês voltou a dar assistência decisiva, desta vez para Messi, que fez estrago na área rival ao dominar pela esquerda, conter três marcadores e bater rasteiro no canto.

 
O quarto gol também foi marcado pelo argentino. Aos 26, Alba foi até a linha de fundo, cruzou para trás e Messi chegou batendo rasteiro e contando com ajuda do goleiro, que resvalou na bola e não evitou o gol. Antes do apito final, Griezmann ainda mandou para as redes, após passe de Messi, mas o árbitro consultou o VAR para anular o gol por impedimento.

com informação Agência Estado

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!