Foto: Catve

Morador de rua implora para guarda cuidar do cachorro dele em Curitiba

Um morador de rua que estava ferido pediu para que um guarda municipal, que estava de plantão tomasse conta do cachorrinho dele, na noite de segunda-feira (26), em Curitiba.

 

 

 

Segundo informações, a situação aconteceu no Terminal do Carmo, tomasse conta do cachorrinho dele.

 

 

 

O homem, de 47 anos, disse que tinha sido vítima de um assalto e apresentava ferimentos na costela e na perna.

 

 

 

 

A situação emocionou o guarda municipal Couto, que estava de plantão no local e acionou o Siate para encaminhá-lo à atendimento hospitalar.

 

 

 

 

"Esse morador de rua chegou dizendo que foi esfaqueado, já mal, falando que um casal tentou levar o que ele tinha de bens, que agrediram ele com faca e um pedaço de pau.

 

 

 

 

O homem levou paulada na costela e facada na perna.

 

 

 

 

Além disso, falou que estava com problemas de câncer.

 

 

 

E o cachorrinho dele ficou chorando, querendo ir para o hospital junto.

 

 

 

Muito triste", contou o guarda.

 

 

O guarda Couto ficou com o cachorrinho do morador de rua até que a Guarda Municipal pudesse encontrar um local para ele ficar, enquanto o homem se recupera dos ferimentos leves no hospital.

 

 

 

 

?Ele chegou e implorou para a equipe ficar com o cachorrinho dele, mas infelizmente não tem como, então a equipe vai ver o que pode ser feito nessa situação?, disse o guarda.

 

 

 

 

A Guarda Municipal informou à reportagem que o cachorro está no núcleo Boqueirão, e aguarda a melhora do dono.

 

 

 

 

Caso contrário, vão procurar um lugar para ele.

Com informação da  Banda B

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!