‘Muita juventude, muita categoria e muita qualidade’, diz Holan sobre o Santos

Prestes a enfrentar o San Lorenzo pela Libertadores, na terça-feira, o técnico do Santos, Ariel Holan, deu entrevista a TV Santos, comentando seu primeiro mês no comando da equipe. Com o retorno de Soteldo, Holan avalia que tem conseguido passar seu estilo para os jogadores, mas que ainda falta eficácia.

 
Holan iniciou a entrevista relatando muita alegria em estar comandando o time paulista, afirmando que considera o Santos “um time com muita juventude, mas com muita categoria, muita qualidade, muito futuro e muita projeção”. Em relação ao momento atual, entende que “cada vez temos uma equipe mais competitiva”.


Fazendo menção ao momento atual de pandemia de covid-19, o treinador avaliou que estar no Santos é “uma fantástica oportunidade” em um “momento muito difícil para a humanidade, muito difícil para todos os países, muito difícil para o Brasil”. E por isso, ressaltou que é muito importante fazer um trabalho específico e muito intenso com todos os jogadores juvenis do clube.

 
O treinador comentou o retorno de um dos destaques do Santos, o meia Soteldo, que ficou alguns dias a mais em viagem à Venezuela por não conseguir voo para retornar ao Brasil e, agora, aguarda resultado de teste de covid-19. Holan mencionou a situação do meia, afirmando que “o Soteldo falou conosco e há muito tempo ele não podia estar na Venezuela com seus familiares. Fizemos uma licença de 4 dias, lamentavelmente teve problemas com o voo privado que tinha contratado”.

O argentino ressaltou que é muito importante observar as necessidades pessoais dos jogadores. “Somos uma família e temos que estar todos juntos”. O treinador destacou, porém, que é necessário manter o profissionalismo. “O Santos está primeiro que todos os interesses pessoais que todos possam ter, mas no campo de jogo, é preciso ser muito exigente porque no futebol a eficácia é muito importante.”

 
Nesse ponto, Ariel Holan destacou que chegar ao ideal de eficácia é mais complexo em razão da juventude da equipe. “Às vezes a eficácia na juventude não é uma característica porque precisa fazer experiência mas estou convencido que vamos poder chegar a eficácia com o decorrer das semanas de treinamento.” Considerou, também, que a suspensão dos jogos do Campeonato Paulista em razão de medidas estadual para controlar o contágio de covid-19 serviu como uma ‘mini pré-temporada atípica, muito mini, muito mini’. Apesar disso, ele confia no trabalho que tem sido feito, afirmando que “vamos crescer, sem dúvida nenhuma, à medida que possamos fazer mais treinamentos”.

Em relação a jogar em sua terra natal, Argentina, Ariel Holan menosprezou qualquer emoção especial, sendo categórico: “para mim, o sentimento especial é estar no Santos, não importa contra quem joguemos, importa o futebol que queremos jogar”. Em relação à partida na próxima terça-feira, disse: “que possamos fazer um grande jogo em Buenos Aires e um grande jogo aqui no Brasil”.

 
O semblante sério do treinador argentino se iluminou quando perguntado sobre as aulas de português que ele e a esposa têm feito. Com um sorriso, respondeu estar na segunda aula. “Na próxima semana, vou fazer a terceira aula”. Afirmou também que deseja se comunicar melhor com os jogadores. “É muito importante falar em português com os jogadores, mas também estamos no Brasil e queremos falar.” Por fim, aplicando a si a mesma lógica de empenho para superar dificuldades que treina a equipe paulista: “tenho que praticar e falando, falando, falando, com erros, mas tentando falar melhor”.

com informação Agência Estado

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!