Paciente que fugiu de hospital em Londrina morre por complicações da covid-19

O Hospital Universitário de Londrina, no Norte do Paraná, confirmou a morte do paciente com covid-19 que fugiu da unidade no último dia 17. O homem de 45 anos teve morte encefálica constatada pela equipe médica no fim da noite de domingo (28), após sofrer uma parada cardíaca.

De acordo com o hospital, o paciente deu entrada no pronto-socorro no dia 16 e, no dia seguinte, fugiu da unidade com receio de ser intubado. Os vídeos da fuga repercutiram na internet. As imagens mostram o momento em que os profissionais da saúde correm atrás do homem no meio da rua.

Na ocasião, a direção do HU informou que o paciente sofreu uma crise de ansiedade, provocada pelo cenário de superlotação e o receio de ser intubado. "Ao ser indagado sobre o seu motivo de fuga, o mesmo referiu ter medo e angústia relacionados ao possível agravamento do quadro clínico", destacou o hospital, em nota.

Um dia após a fuga, o homem precisou ser intubado. Já na última quarta-feira (24), ele apresentou uma piora no quadro clínico e foi transferido à UTI (Unidade de Terapia Intensiva), onde permanecia internado e sedado.

Com informação da Catve.com/Com Bonde News

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!