Pato Bragado oferta 20 vagas para Oficina de Hortas Comunitárias

Oportunidade é destinada aos Bairros Mutirão, Alvorada, Loteamentos Portal e Social. Inscrições ocorrem até 18 de maio, na Secretaria de Agricultura

 

A qualidade de vida passou a prioridade para muitas pessoas que buscam hábitos saudáveis, como uma boa alimentação.

 

 

 

 

Nesse sentido, em prol da produção de alimentos para o consumo próprio em Pato Bragado, a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente está realizando as inscrições para a Oficina de Hortas Comunitárias. 

 

 

 

A oportunidade é voltada aos moradores dos Bairros Mutirão, Alvorada, Loteamentos Portal e Social, como explica a secretária de Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente, Jaqueline Vanelli.

 

 

 

 

“Estamos disponibilizando 20 vagas para os bairros e loteamentos citados, e as inscrições são gratuitas e podem ser realizadas até o dia 18 de maio, na Secretaria.

 

 

 

 

Serão oito horas de treinamento teórico na Rua Coberta e prático em imóvel urbano de propriedade do município no Loteamento Portal que serão aplicados pelo engenheiro agrônomo e mestre em Desenvolvimento Rural Sustentável pela Unioeste, Vinicius Mattia, na semana do meio ambiente, de 05 a 09 de junho”. 

 

 

 

A intenção, conforme a secretária, é apoiar a produção agroecológica de hortaliças para o autoconsumo, melhorando a dieta alimentar, livre de agrotóxicos e produzida e forma natural e, consequentemente, promover a saúde dos participantes.

 

 

 

 

 

“Além disso também pretendemos estimular a satisfação e realização social, interação social com fortalecimento dos laços familiares e comunitários”, reforça Jaqueline.   

 

 

 

 

A oficina ocorre mediante convênio firmado com o Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu-Linha Ecológica, por intermédio do Projeto Educação para Sustentabilidade e Desenvolvimento Cultural do Território.

 

 

 

 

 

“Os participantes não terão custo algum, pois todas as despesas como os materiais de insumo (sementes, adubos, ferramentas, entre outros) e monitor, serão custeadas por meio desse convênio”, finaliza Jaqueline. 

 

 

 

 

Serão seguidas todas as medidas de segurança pública, preconizadas pelos órgãos governamentais contra a Covid-19.

 

 

 

 

Fotos Jaqueline Vanelli (Marili Koehler) – Jaqueline Vanelli: “Queremos estimular a produção agroecológica de hortaliças para o autoconsumo, melhorando a dieta alimentar, livre de agrotóxicos promovendo a saúde dos participantes”

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!