PCPR prende integrantes de associação criminosa que aplicava golpes do bilhete premiado

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu quatro integrantes de associação criminosa responsável por aplicar golpes do bilhete premiado nos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. As capturas aconteceram nesta quarta-feira (2) em Curitiba, Araucária e São José dos Pinhais, além do município de Passo Fundo, no estado do Rio Grande do Sul.

Os policiais também cumpriram seis mandados de busca e apreensão em endereços relacionados aos suspeitos. Foram apreendidos os bilhetes utilizados nos golpes, celulares e computadores. Um outro indivíduo, que também está envolvido nos golpes, já foi identificado e até o momento não foi localizado. 


 
No momento da ação criminosa, segundo as investigações, um dos integrantes do grupo fingia ser uma pessoa simples que ganhou um bilhete premiado da loteria e conversava com a vítima. Os demais autores ficavam ao redor dando veracidade à estória. Em seguida, o principal suspeito afirmava querer dividir a recompensa e pedia um valor para dar continuidade. Assim que a vítima dava o dinheiro, os indivíduos desapareciam.

 
Na maioria dos casos, as vítimas eram procuradas em saídas de farmácias ou de instituições bancárias. O grupo criminoso buscava pessoas idosas para aplicar o golpe. A PCPR já identificou ao menos seis vítimas.

 

As informações são da AEN-PR

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!