Marcio Cerny/Marechal News

Policia Civil de Marechal Cândido Rondon elucida feminicídio em menos de 24 horas, sepultamento de haitiana ocorreu na sexta-feira com muita dor e tristeza

A Polícia Civil de Marechal Cândido Rondon em uma ação rápida a fim de elucidar o bárbaro crime de feminicídio ocorrido na última Terça-feira dia 11/05, no bairro Alvorada, diligenciou de forma ininterrupta colhendo diversos elementos que levaram a autoria por parte de Menel Lero, ex-companheiro da vítima. Representado ao judiciário local, no mesmo dia foi expedido o mandado de prisão preventiva.

 

A vítima foi encontrada morta por diversas facadas na madrugada do dia 11/05, sendo que o autor não foi mais visto na cidade desde então.

 

A investigação apontou que o  crime foi todo planejado, pois o mesmo comprou uma passagem aérea na data do dia 08/05, para um voo dia 11/05, às 11:45 de Cascavel para Campinas, contudo o mesmo não embarcou.

 

As diligências apontaram que o mesmo logo após o crime fugiu para a cidade de Curitiba, estando até o momento em local incerto.

 

Sendo assim, é de suma importância a participação da população com denúncias anônimas acerca do paradeiro do autor.

 

Telefone de contato da Delegacia da Policia Civil de Marechal Rondon: 45- 32848450.

 

A Equipe do Site Marechal News acompanha este caso desde a terça-feira quando aconteceu este caso de feminicidio.

 

"A Embaixada Solidária de Toledo manifesta seu profundo pesar pela morte de uma jovem de origem haitiana na cidade de Marechal Cândido Rondon.

O principal suspeito da morte é o ex-marido da vítima que foi encontrada morta pelos amigos quando retornaram do trabalha na madrugada de terça-feira (11).

Morta com requintes de crueldade, a jovem trabalhava em um frigorifico da região e buscava um recomeço para sua vida no Brasil.

 

O suspeito não aceitava o fim do relacionamento além de supostamente dever um grande valor para a vítima. Casos que infelizmente compõem a realidade e a rotina das mulheres na condição de migração.

 

 

A Embaixada Solidária tem feito diversos alertas com a relação à violência de gênero e a fragilidade das mulheres estrangeiras que vivem em Toledo e na região.

O alerta não é apenas com relação aos abusos físicos, mas psicológicos, financeiro e outros. Em março lançamos em conjunto com a Secretaria da Mulher de Toledo a campanha "Violência não é Cultura" que estará vigente durante todo o ano.

Muitas vezes invisível e negligenciada, a violência contra a mulher estrangeira é ainda mais grave quando não denunciada, pois os agressores seguem soltos e infringindo o direito de outras mulheres.

Essa nota reafirma a preocupação e o alerta para toda a sociedade.

A Embaixada Solidária defende punição exemplar aos agressores sejam eles de qualquer etnia ou país.

Entendemos que a cultura do machismo precisa ser vencida todas às mulheres possam atravessar o mundo sem medo e viver em qualquer nação.

Manifestamos profundo pesar para com a família, amigos e em especial para com a comunidade haitiana que vive na Região Oeste do Paraná.

Confiamos na Justiça e lutamos para que situações como esta possam ser amplamente evitadas. Embaixada Solidária - Toledo/PR".

 

 
O corpo da haitiana identificada como sendo,  Itania fleurant de 28 anos, pemaneceu até a quinta-feira   no IML de Toledo, na  tarde de quinta-feira (13),  foi levada até a  funerária em Toledo,  na sexta-feira as 8 horas, foi levada até o cemitério Municipal em Marechal Cândido Rondon, onde  feito uma simples despedida e logo após ocorreu o sepultamento.


Na tarde de sexta-feira o Delegado Dr. Rodrigo Baptista falou ao vivo com a Equipe do Site Marechal News e pede a ajuda da população para tentar localizar o autor deste crime bárbaro.

Inclusive além da entrevista com o Delegado foi divilgado a foto do autor deste crime.

Em meu nome e em nome do Site Marechal News, deixamos aqui os sentimentos a irmã e familiares desta haitiana morta com requintes de crueldade.

Veja nesta matéria fotos deste caso.

Marechal News

Fotos



Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!