Polícia Civil prende suspeitos acusados de extorquir comerciantes e moradores

Policiais prenderam em flagrante, nesta quinta-feira (29), dois homens pelos crimes de milícia privada e de porte de arma de fogo de uso proibido.

A dupla atuava no Bairro de Bonsucesso, na Zona Norte do Rio de Janeiro, obrigando os empresários e moradores a pagarem por uma "taxa de segurança" para não serem roubados.

De acordo com as investigações, um indivíduo, conhecido como Geronimo, seria o responsável pela implantação de uma organização criminosa naquela localidade. Ele é apontado como a pessoa que faz contato com os comerciantes e moradores, exigindo o pagamento mensal, e que realiza o pagamento aos criminosos presos.

Com os dois milicianos foi apreendida uma pistola com carregador alongado, que era utilizada por ambos em revezamento nos turnos da segurança na área.

Os agentes apreenderam, ainda, dois coldres e uma arma de choque. Um dos presos confessou que se passava por policial para impor mais medo aos moradores e comerciantes do local.

As investigações seguem em andamento para a identificação e prisão de outros envolvidos.

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!