Foto: Fábio Dias/Polícia Civil

Polícia investiga falsa médica por usar registro de outra profissional

A Polícia Civil do Paraná investiga a contratação de uma falsa médica que estaria trabalhando desde o dia 8 de maio com registro profissional de outra pessoa. O caso aconteceu na UPA (Unidade de Pronto-Atendimento) de Ivaiporã, região Norte do Estado.

Um médico, que trabalha na unidade, desconfiou do registro da investigada no CRM (Conselho Regional de Medicina) e procurou a Secretaria Municipal de Saúde, que levou o caso à Polícia Civil. Foi constatado que o registro em questão era de outra médica.

A mulher disse que vinha de Minas Gerais e que aguardava o processo de transferência do CRM para o Paraná. Ela trabalhava para uma empresa que presta serviços de saúde na cidade. Após a revelação do caso, tanto a empresa quanto a Secretaria Municipal registraram boletins de ocorrência.

A investigada, que ainda não foi encontrada, pode responder por exercício ilegal da medicina, falsidade ideológica e falsidade documental.

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!