Polícia prende mais um acusado da morte do jovem Douglas Mello e outras duas suspeitas se apresentaram em SC

Na tarde de quarta-feira (31) foi preso no município de Nova Aurora (PR), Daniel Sutil, 25 anos, acusado de envolvimento no latrocínio em que foi morto Douglas de Mello, 27 anos de idade, fato ocorrido no dia 15 de fevereiro na Linha Urutu, em Saudade do Iguaçu.

Daniel era um dos quatro foragidos acusados de envolvimento no crime. Também na tarde desta quarta-feira, dia 31, Sônia Mara de Lima Padilha, 34 anos e Luana Regina da Silva Carvalho, 19 anos, tia e sobrinha, se apresentaram na delegacia de polícia de Água Doce (SC).

As duas também eram consideradas foragidas e também são acusadas de envolvimento no crime. Luana inclusive segundo a polícia é acusada de ser a mentora do crime, a qual tinha uma relação próxima com a vítima, onde Douglas era padrinho de um filho da acusada.

Dos 8 acusados de envolvimento no crime, um é adolescente e três já haviam sido presos na semana passada pela polícia e com a prisão de outros três na tarde de hoje, resta apenas Suelen Andreza de Oliveira, 27 anos, que continua foragida, porém, há informações extraoficiais de que ela poderá se apresentar com advogado nas próximas horas na delegacia de Chopinzinho ou em outra da região.

As informações são da Rádio Chopinzinho

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!