Ponte Preta marca nos acréscimos e afunda São Caetano na lanterna

A Ponte Preta contou com um gol de Moisés nos acréscimos do segundo tempo para se reabilitar no Campeonato Paulista e ganhar do São Caetano, por 2 a 1, de virada, na noite de quinta-feira (22), no Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, pela sétima rodada.

 
Com os mesmos dez pontos da Ferroviária, a Ponte segue na terceira colocação do Grupo B porque leva desvantagem no saldo de gols (2 a 1). Já o São Caetano segue sem vencer e caminha a passos largos rumo à Série A2, amargando a lanterna do Grupo D e da classificação geral, com apenas dois pontos.



O primeiro tempo no Anacleto Campanella teve o VAR como protagonista. Logo no início, o árbitro Adriano de Assis Miranda foi chamado após a bola bater no braço de Luizão em cruzamento de Walter, mas manteve a decisão de campo e não marcou pênalti. Mesmo assim, o São Caetano abriu o placar aos 15 minutos com Caetano aproveitando rebote de Ygor Vinhas.

 
A Ponte Preta chegou a empatar com Camilo, mas o gol foi anulado após o VAR assinalar impedimento de Niltinho na origem do lance. Quando o primeiro tempo se encaminhava para o final, Niltinho foi derrubado por Braz dentro da área. O árbitro assinalou pênalti apenas depois de consultar o VAR e Camilo deixou tudo igual aos 49 minutos.

Parecia que a virada da Ponte era apenas questão de tempo pelo bom início de segundo tempo, mas quem quase marcou foi o São Caetano. Walter recebeu livre na direita e finalizou rasteiro para defesa de Ygor Vinhas. Na sequência foi a vez de Luiz evitar o gol ao abafar chute de Paulo Sérgio.

 
Quando o jogo se encaminhava para o empate, a Ponte conseguiu a virada aos 47 minutos. Moisés recebeu na entrada da área, deixou dois adversários no chão e finalizou rasteiro por baixo do goleiro Luiz.

O São Caetano volta a campo no domingo, às 22h15, contra o Botafogo, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto. Na segunda-feira, a Ponte recebe a Inter de Limeira, às 20 horas, no Moisés Lucarelli.

FICHA TÉCNICA:

SÃO CAETANO 1 x 2 PONTE PRETA

 
SÃO CAETANO – Luiz; Charles, Polidoro, Caetano e Daciel; Braz (Carlos Alexandre), Neto e Gui Castro (Luis Felipe); Luizinho (William Amorim), Emerson Lima (Filipe Carvalho) e Walter. Técnico: Paulinho McLaren.

PONTE PRETA – Ygor Vinhas; Apodi, Luizão, Ruan Renato e Yuri; Dawhan (Barreto), Léo Naldi (Thalles) e Camilo (Vini Locatelli); Niltinho (Renan Mota), Moisés e Paulo Sérgio (Robinho). Técnico: Fábio Moreno.

GOLS – Caetano, aos 17, e Camilo (pênalti), aos 49 minutos do primeiro tempo. Moisés, aos 47 minutos do segundo tempo

CARTÕES AMARELOS – Daciel, Neto e Guilherme Castro (São Caetano); Léo Naldi (Ponte Preta).

ÁRBITRO – Adriano de Assis Miranda.

RENDA E PÚBLICO – Jogo sem torcida.

LOCAL – Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP).

com informação Agência Estado

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!