Protestos fazem Conmebol remarcar Junior Barranquilla e Fluminense para o Equador

A Conmebol decidiu transferir para Guayaquil, no Equador, a partida entre Junior Barranquilla e Fluminense. Marcado para quinta-feira (06), o duelo seria realizado na Colômbia, mas os protestos contra o governo que já duram quase uma semana fizeram com que a entidade sul-americana mudasse o local do jogo. O horário também foi alterado de 19h para 21h (de Brasília).

 
A Conmebol alterou o horário e local devido às manifestações populares contra a reforma tributária do governo colombiano e também contra a violência policial. Os protestos começaram há uma semana em diversas cidades do país, com confrontos entre manifestantes e forças policiais, 19 mortes e mais de 800 feridos até o momento. 


 
O duelo, agora, será disputado no Monumental Banco Pichincha, casa do Barcelona de Guayaquil. A mudança de país causou revolta no Fluminense, que confiava que o local do jogo fosse mantido e recebeu sinal verde da Conmebol para viajar à Colômbia. A cidade equatoriana fica a aproximadamente 2.200 km do município colombiano, um trajeto percorrido em cerca de cinco horas e meia de avião.

 
A delegação do Fluminense já estava em Barranquilla desde a noite de terça-feira. Com isso, terá de refazer o seu planejamento e buscar um outro voo para chegar ao Equador. A tendência é de que as delegações do time carioca e do Junior Barranquilla viajem no mesmo avião na noite desta quarta.

O time tricolor decidiu manter a programação e treinou no na sede da Federação Colombiana de Futebol na tarde de quarta-feira para dar continuidade aos trabalhos físicos e técnicos de seus atletas.

Na semana passada, o clube já havia enfrentado uma odisseia para encarar o Santa Fe, tendo que ir jogar na cidade de Armenia após a mudança de última hora motivada por um decreto que proibiu jogos em Bogotá como forma de combater o avanço da covid-19.

 
A Conmebol também transferiu Tolima x Emelec para Lima, no Peru, e remarcou a partida da Sul-Americana para sexta-feira. Com isso, todas as partidas de torneios organizados pela entidade que seriam realizadas na Colômbia nesta semana foram retiradas do país.

O Fluminense soma quatro pontos no Grupo D da Libertadores, fruto do empate com o River Plate na estreia e do triunfo sobre o Santa Fe na semana passada, fora de casa, e divide a liderança da chave com o time argentino. O Junior Barranquilla tem um ponto e ainda não venceu na competição.

com informação Agência Estado

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!