Foto: Márcio Lopes/aRede

Reféns são libertados na penitenciária de Ponta Grossa

Após mais de 13 horas de negociação, o grupo de intervenção do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) entrou na PEPG (Penitenciária Estadual de Ponta Grossa) e realizou a contenção dos presos e liberação dos reféns.

 

 

Segundo informações da Polícia Militar, "por volta das 05h13, os presos causadores do evento crítico demonstraram estado de sonolência, situação identificada pelos três reféns, que se livraram das amarras e tentaram sair do local.

 

 

O Grupo de Intervenção do BOPE realizou o adentramento fazendo a contenção dos presos e liberação dos reféns", disse a nota encaminhada para a imprensa.

 

 

O local foi isolado pela equipe do SOE (Serviço de Operações Especiais) do Depen, agentes penitenciários de plantão com apoio de Policiais Militares do 1° Batalhão da Polícia Militar M e Bombeiros do 2° GB. Os reféns passaram por atendimento médico ainda no local.

 

 

Desde a tarde de terça-feira (8), quatro funcionários de uma empresa que possui uma fábrica de calçados na unidade penal estavam sendo feito reféns dos presos da penitenciária.

Com Informação A Rede

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!