São Paulo joga mal em Goiânia e é derrotado pelo Atlético Goianiense por 2 a 0

A expectativa criada pelo São Paulo com o título paulista está sendo frustrada no início do Brasileirão. Com erros na saída de bola, pouca profundidade e más atuações individuais, a equipe perdeu para o Atlético Goianiense por 2 a 0, ontem (05), em Goiânia. Na estreia, já havia empatado com o Fluminense. Ou seja: soma um ponto em dois jogos. É pouco para um elenco que busca resgatar as glórias do passado após o fim do jejum de títulos.

 
A equipe continua sentindo falta de Benítez, o cérebro do time, que está machucado. Outras referências, como Reinaldo e Luciano, ficaram devendo. Além disso, o time errou muito na troca de passes, inclusive na saída de bola, revivendo traumas do ano passado 

 
O Atlético soma oito jogos de invencibilidade (cinco vitórias e três empates) no torneio estadual, Copa Sul-Americana e no início do Brasileirão. Nos 25 jogos da temporada, a equipe só foi derrotada uma vez. No Brasileirão, o time de Goiás, bem treinado pelo técnico Eduardo Barroca, já soma duas vitórias.

As duas equipes buscaram uma marcação agressiva, forçando o erro do adversário. A ação do time goiano foi mais eficiente, a ponto de não deixar o rival respirar. Essa eletricidade – ou intensidade na palavra da moda – foi apenas uma das vantagens do Atlético.

 
A equipe de Goiás também foi mais precisa na jogada aérea. Foi assim que conseguiu abrir o placar depois de alguns lances perigosos. Aos 22, Éder aproveitou boa cobrança de falta de Natanael. Por outro lado, o gol sofrido mostra a lição de casa da defesa para os próximos: os últimos cinco gols pela equipe saíram de jogadas aéreas.

Com muita dificuldade para superar a esperta marcação, os jogadores de frente do São Paulo praticamente não finalizaram. Vale lembrar que o time apresentou mudanças importantes na escalação. A principal delas foi no ataque, com a entrada de Rojas no lugar de Pablo. No meio, Shaylon foi escalado como titular pelo quatro jogo consecutivo. Nenhum dos dois, no entanto, aproveitou a oportunidade no primeiro tempo. Pouco fizeram para o time sair da desvantagem. Falta va criação e profundidade. A principal chance do primeiro tempo foi um chute de fora da área de Luciano. Grande defesa de Fernando Miguel. Individualmente, alguns jogadores erraram mais que o normal. Isso também prejudicou muito a atuação da equipe.

 
Para tentar corrigir os problemas, o técnico interino Juan Branda fez mais mudanças (Hernán Crespo foi afastado por apresentar sintomas de gripe). No intervalo, o atacante Emiliano Rigoni, que estava no Elche, da Espanha, fez sua estreia. Mostrou potencial, mas não conseguiu mudar o rumo da partida.

Quando o São Paulo buscava o empate e ensaiava uma pressão principalmente pelo alto, a equipe sofreu o segundo gol. Tiago Volpi e Galeano erraram a saída de bola e João Paulo fez um bonito gol por cobertura: 2 a 0. O São Paulo ainda não venceu no Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

 
ATLÉTICO-GO 2 x 0 SÃO PAULO

ATLÉTICO-GO – Fernando Miguel; Dudu, Nathan, Éder e Igor; William Maranhão, Marlon e João Paulo (Barralhas); Janderson, Natanael e Zé Roberto (Lucão). Técnico: Eduardo Barroca.

SÃO PAULO – Tiago Volpi; Bruno Alves, Miranda e Léo; Igor Vinícius (Galeano), Nestor, Shaylon (Rigoni), Sara e Reinaldo; Rojas e Luciano. Técnico: Juan Branda (auxiliar).

GOLS – Éder, aos 22 minutos do primeiro tempo; João Paulo, aos 33 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Natanael e William Maranhão (Atlético-GO); Igor Vinícius, Léo, Reinaldo e Nestor (São Paulo).

ÁRBITRO – Diego Lombo Lopez (BA).

RENDA E PÚBLICO – Jogo com portões fechados.

LOCAL – Estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO).

com informação Agência Estado

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!