São Paulo não tem piedade, faz 9 a 1 no 4 de Julho e avança na Copa do Brasil

Pelo resultado pode não parecer, mas o São Paulo levou um susto nos segundos iniciais. Só que reagiu rapidamente e garantiu a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil com goleada avassaladora por 9 a 1 sobre o 4 de Julho, na terça-feira (08), no estádio do Morumbi. Pablo, três vezes, Luciano, duas, Gabriel Sara, Rigoni, Bruno Alves e Chico Bala (contra) marcaram os gols da vitória. Agora a equipe paulista aguarda o sorteio da próxima fase para conhecer o adversário.

 
Depois de perder a partida de ida por 3 a 2, o São Paulo chegou para o duelo decisivo com um time bastante ofensivo. Crespo tirou o volante Igor Vinicius e mandou a campo o trio de ataque formado por Eder, Pablo e Luciano. Outra novidade foi Rigoni atuando como ala pelo lado direito. 


 
Mas, antes de ir ao ataque, o árbitro nem bem tinha apitado o início da partida e o 4 de Julho roubou a bola, foi à frente e abriu o marcador antes dos 30 segundos iniciais. O atacante Dudu Beberibe avançou e tocou na saída de Volpi. Torcedor assumido do São Paulo, o jogador do time piauiense chorou na comemoração.

Antes da partida, ele brincou que toda sua família ficaria com inveja, pois teria a oportunidade de conhecer o Morumbi.

 
O São Paulo parecia perdido nos minutos seguintes, ainda viu o 4 de Julho criar outra boa chance de gol. Só então reagiu. O caminho para a virada começou pelo alto. Após cobrança de escanteio, Luciano apareceu livre na segunda trave para deixar tudo igual.

O 4 de Julho sentiu a pressão e o time anfitrião virou minutos depois. Nestor deu belo passe para Luciano, que desviou para o meio da área e Pablo fez o segundo. Atordoado, os visitantes ficaram só observando Rigoni avançar pela direita e Sara cabecear para as redes.

Com a vantagem no marcador, Crespo recuou o São Paulo na volta do intervalo com Igor Vinicius na vaga de Eder. Mas mesmo assim os donos da casa continuaram superiores. O 4 de Julho não tinha muito poder de reação e só assustou o gol de Volpi por uma vez em chute de fora da área de Pica-Pau.

 
O São Paulo mandava no jogo, trocava passes e explorava especialmente as jogadas pelas laterais do campo. Pela esquerda, Gabriel Sara só rolou para o meio da área. Pablo dominou, girou na pequena área e mandou para as redes.

O São Paulo continuou apertando a saída de bola do adversário. Rigoni roubou de Vitor Recife, chutou rasteiro e contou com desvio para enganar o goleiro Jaílson: 5 a 1.

Com o passeio tricolor, foi a vez de os zagueiros irem ao ataque para também deixarem o seu. Bruno Alves apareceu no meio da área para mandar de cabeça para as redes. O sétimo veio de uma infelicidade do zagueiro Chico Bala, que tentou cortar cruzamento e mandou contra a própria meta.

 
O 4 de Julho já não aguentava mais fisicamente. Os jogadores nem bem conseguiam correr em campo. Com a superioridade técnica e também agora com ampla vantagem física, o time tricolor alcançou o oitavo gol com Pablo, o terceiro dele na partida. Luciano ainda fez o nono. O São Paulo poderia até ter feito mais, mas a soma dos placares das duas partidas ficou mesmo no 10 a 4 para a equipe do técnico Crespo.

FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO 9 x 1 4 DE JULHO

SÃO PAULO – Tiago Volpi; Bruno Alves, Miranda e Léo; Rigoni (Igor Gomes), Rodrigo Nestor (Shaylon), Gabriel Sara (Rojas) e Reinaldo; Luciano, Pablo e Eder (Igor Vinicius). Técnico: Hernán Crespo.

4 DE JULHO – Jailson; Edy (André), Gilmar Bahia, Marcelo e Chico Bala; Vitor Recife (Cinelton), Rômulo (Caio Cesar), Esquerdinha e Hiltinho; Dudu Beberibe (Eltinho) e Pica-Pau. Técnico: Fernando Tonet.

GOLS – Beberibe, a 1, Luciano, aos 16, Pablo, aos 21, e Sara, aos 30 minutos do primeiro tempo. Pablo, aos 11, Rigoni, aos 16, Bruno Alves, aos 20, Chico Bala (contra), aos 29, Pablo, aos 38, e Luciano, aos 45 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Bruno Alves, Miranda e Rodrigo Nestor.

 
ÁRBITRO – Denis da Silva Ribeiro Serafim.

RENDA E PÚBLICO – Jogo sem torcida.

LOCAL – Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP).

com informação Agência Estado

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!