Seleção brasileira de futsal passa a ser gerida pela CBF

A seleção brasileira de futsal agora é responsabilidade da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). A entidade máxima do futebol brasileiro anunciou oficialmente essa mudança. Assim a CBF passa a representar a modalidade junto à FIFA e Conmebol. No final do ano passado algumas reuniões foram realizadas para discutir essa alteração.

Em dezembro, o Presidente da Confederação Brasileira de Futsal (CBFS), Marcos Madeira, esteve visitando a CBF e foi recebido pelo Presidente da entidade, Rogério Caboclo, juntamente com outros membros da diretoria.

Antes desse encontro, Rogério Caboclo recebeu na sede da CBF atletas das seleções masculina e feminina do Brasil para debater melhorias para a modalidade no país. A melhor jogadora de futsal do mundo, Amandinha, esteve naquela reunião.
No comunicado oficial publicado nesta quarta-feira (07) a CBF reforçou que essa mudança de gestão já vinha sendo pleiteada pelos próprios atletas há anos. A CBFS, que antes administrava o esporte, passa por muitos problemas financeiros.

A partir de agora toda a logística e administração fica por conta da CBF, assim como a captação de patrocínios, e registros e transferências de jogadores. Com isso, a seleção passará a utilizar uniformes da Nike, como é no futebol de campo.

A mudança de gestão, no entanto, não afeta a organização das competições nacionais e de federações da modalidade (Liga Nacional, Supercopa e Taça Brasil, por exemplo), que continuarão administradas pela CBFS, que terá resguardada sua autonomia jurídica, administrativa e patrimonial, além de sua independência econômica e financeira com relação à CBF, como afirma a ata divulgada.

Essa não é a primeira vez que a CBF assume a gestão da seleção brasileira de futsal. Em 2017 um acordo foi feito, mas durou menos que seis meses.

Com informação da Catve

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!