Sem ser brilhante, São Paulo bate Rentistas por 2 a 0 e soma 8ª vitória seguida

Mesmo sem mostrar o mesmo nível técnico das últimas partidas, o São Paulo obteve a segunda vitória consecutiva na Copa Libertadores, na quinta-feira (29), ao derrotar o limitado Rentistas (URU), por 2 a 0, em duelo válido pelo Grupo E.

O resultado deixa o São Paulo em primeiro lugar na chave, com seis pontos, contra quatro do Racing (ARG), que venceu o Sporting Cristal por 2 a 1. O Rentistas fica com um, enquanto o time peruano ainda não somou ponto. 



 
O próximo jogo do São Paulo será na quarta-feira, em Buenos Aires, diante do Racing, quando o time tricolor terá a chance de abrir grande vantagem na classificação e ficar perto das oitavas de final.

Se a torcida do São Paulo esperava um jogo fácil, perdeu esta expectativa logo nos primeiros minutos de jogo, pois o Rentistas mostrou-se um time organizado, com boa marcação e toque de bola rápido e bem feito em busca dos contra-ataques.

Com isso, o time uruguaio transformou a partida em um duelo complicado para o São Paulo, que não tinha em Benítez, muito bem marcado por Duarte, o mesmo articulador das jogadas de outras partidas. Desta forma, foram poucas as oportunidades de gol criadas pelo time de Hernán Crespo.

Uma cabeçada de Miranda e um chute de Luciano chegaram a ameaçar o goleiro Rossi, que falhou feio em uma saída de bola e quase permitiu que o próprio Luciano, há seis jogos sem marcar, abrisse o placar.

Como o São Paulo não conseguia ultrapassar a barreira uruguaia, apesar dos mais de 70% de posse de bola, Benítez passou a arriscar de longe, mas não teve êxito. Quando tudo caminhava para um primeiro tempo sem gols, Daniel Alves, atuando de ala, fez ótima assistência para Pablo, aos 39 minutos abrir o placar.

O segundo tempo começou da mesma forma com o São Paulo no domínio e a situação ficou ainda melhor quando Agustín Acosta foi expulso, aos seis minutos, após falta dura em Daniel Alves.

Com um jogador a mais, esperava-se um São Paulo mais agressivo diante do Rentistas, que passou a mostrar cansaço a partir dos 15 minutos. Mas o tricolor brasileiro abusou da posse de bola, mas pouco agrediu a meta de Rossi, que foi acionado apenas aos 14 minutos em um chute colocado de Benítez.

Sem ser incomodado na defesa, Crespo colocou Rojas e Vitor Bueno em busca de mais movimentação no ataque. Mas uma bobeada de Reinaldo, que cometeu falta boba perto da área quase propiciou um gol de Peraza, aos 30 minutos.

O final de jogo só não foi mais decepcionante, porque Reinaldo fez o segundo gol em cobrança de pênalti. Mas ficou claro que o nível de jogo do São Paulo apresentado no Paulista precisa ser maior na Libertadores.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 2 X 0 RENTISTAS

SÃO PAULO – Tiago Volpi; Arboleda, Miranda e Bruno Alves; Daniel Alves, Luan, Liziero (William), Benítez (Rojas) e Reinaldo; Luciano (Igor Gomes) e Pablo (Vitor Bueno). Técnico: Hernán Crespo.

RENTISTAS – Rossi; Morales, Fratta, Joaquín Sosa e Agustín Acosta; Francisco Duarte (Mario García), Cristóbal, Franco Pérez (Paiva) e Rodales (Urretaviscaya); Salomón Rodríguez (González Lamas) e Peraza (Villar). Técnico: Martín Varini.

GOLS – Pablo aos 39 minutos do primeiro tempo. Reinaldo, aos 44 do segundo.

ÁRBITRO – Nicolás Gamboa (CHI).

CARTÕES AMARELOS – Agustín Acosta, Francisco Duarte, Reinaldo.

CARTÃO VERMELHO – Agustín Acosta.

LOCAL – Morumbi.

com informação Agência Estado

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!