Sem técnico, Chapecoense leva 3 a 0 do Red Bull Bragantino na estreia em casa

O retorno da Chapecoense à elite do futebol nacional não vai nada boa. Mesmo jogando na Arena Condá, em Chapecó (SC), o time catarinense levou 3 a 0 do Red Bull Bragantino, no domingo (30), pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O clube paulista foi amplamente superior e poderia ter voltado para casa com um placar bem mais dilatado. Os gols foram marcados por Ytalo, Lucas Evangelista e Helinho.

 
Campeã da Série B no ano passado, a Chapecoense vive um momento delicado. Após perder o título estadual para o Avaí, a diretoria demitiu o técnico Mozart. Por isso, estreou tendo no comando o interino Felipe Endres. Apesar de tentar uma pressão nos primeiros minutos, o time deixava um distanciamento muito grande entre os setores de defesa, meio de campo e ataque. 


 
O Red Bull Bragantino soube tirar proveito disso e conquistou a vantagem no placar. O primeiro gol saiu aos 32 minutos do primeiro tempo, quando Ytalo saiu da área e na intermediária deixou a bola nos pés de Fabrício Bruno. O zagueiro esperou o momento certo para fazer o levantamento em direção à área, onde Ytalo apareceu entre os defensores para chutar firme.

 
O segundo gol aconteceu aos 34 minutos, em um lance bem parecido. Desta vez o levantamento, pelo lado direito, foi feito por Ramires, que achou Lucas Evangelista entre os zagueiros para desviar de cabeça no canto direito do goleiro Tiepo.

O Red Bull Bragantino poderia ter definido o jogo no começo do segundo tempo quando criou duas grandes chances. Em uma cabeça de Fabrício Bruno e depois em um lance inacreditável em que Artur cruzou e Helinho, totalmente sem marcação e na pequena área, bateu na bola por baixo e ela subiu. Helinho, porém, se redimiu aos 28 minutos quando marcou o terceiro gol. Após passe de Lucas Evangelista, o atacante driblou um adversário, batendo cruzado e rasteiro.

Bem superior em campo, o time paulista poderia ter ampliado o placar. Mas mostrou um futebol eficiente, que comprova a sua produção a cada jogo dentro da filosofia de trabalho do técnico Maurício Barbieri.

 
Na segunda rodada do Brasileirão, a Chapecoense vai enfrentar o Palmeiras, no domingo, às 18h15, em São Paulo. O time de Bragança Paulista (SP) vai receber o Bahia, no sábado, às 21 horas, no estádio Nabi Abi Chedid.

Antes disso, nesta quarta-feira, às 21h30, o Red Bull Bragantino terá pela frente o Fluminense, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pela terceira fase da Copa do Brasil. A Chapecoense vai receber o ABC-RN, no mesmo dia, às 16h30.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 0 x 3 RED BULL BRAGANTINO

CHAPECOENSE – Tiepo; Matheus Ribeiro, Laércio, Derlan e Busanello; Moisés Ribeiro, Anderson Leite e Ronei (Lima); Mike (Ravanelli), Anselmo Ramon e Perotti (Geuvânio). Técnico: Felipe Endres (interino).

 
RED BULL BRAGANTINO – Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz (Natan), Fabrício Bruno e Lucas Cândido; Ramires, Lucas Evangelista (Ricardo Ryller) e Claudinho (Pedrinho); Artur, Ytalo (Gabriel Novaes) e Helinho (Cuello). Técnico: Maurício Barbieri.

GOLS – Ytalo, aos 32, e Lucas Evangelista, aos 34 minutos do primeiro tempo; Helinho, aos 28 minutos do segundo tempo.

CARTÃO AMARELO – Moisés Ribeiro (Chapecoense).

ÁRBITRO – Marielson Alves Silva (BA).

RENDA E PÚBLICO – Jogo com portões fechados.

LOCAL – Arena Condá, em Chapecó (SC).

com informação Agência Estado

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!