Tribunal do Júri julga homicidas hoje e amanhã em Marechal Cândido Rondon

O Tribunal Popular  do Juri de Marechal Cândido Rondon volta a se reunir nesta semana, para mais duas sessões de julgamentos.

 

 

Nesta quinta-feira, 9 horas, por homicídio  vai a julgamento Diego Fernando Debus.

 

 

No dia 21 de dezembro de 2019, por volta das  3 horas e  25 minutos, em frente à residência situada na Rua do Carvalho,  bairro São Mateus, Diego Fernando Debus, agindo com consciência e manifesta vontade de matar, utilizando-se de um  revólver  efetuou diversos  disparos contra   Luan Felipe Drey.

 

 

A vitima foi atingida pelo menos 5  vezes, sendo  na região supra-clavicular esquerda, outra na região escapular esquerda e outra na região lombar esquerda, além de outras duas vezes no dorso,  disparos esses que provocaram  a  morte da vitima.

 

 

 

Consta dos autos que,  naquela noite, o denunciado, sua namorada, a vitima  e outros  amigos, estavam reunidos na residência de um deles no  Bairro São Mateus, onde beberam, assistiram filme e se confraternizaram.

 

 

 

Também está nos autos que o denunciado Diego Fernando Debus  cometeu o homicídio  por motivo fútil, logo que ele, sua namorada e a vítima saíram da casa.

 

 

 

No entender do homicida  durante o tempo em que estiveram se confraternizando na casa, a vítima teria ficado se insinuando para sua namorada , ‘olhando com jeito provocador para ela’ e ‘dando piscadas’.

 

 

 

O denunciado também praticou o homicídio mediante recurso que dificultou a defesa do ofendido, consistente na surpresa, uma vez que sacou a arma que trazia escondida em sua cintura e, de inopino, sem que a vítima esperasse, efetuou os disparos.

 

 

 

Vão atuar na sessão de hoje: na presidência dos trabalhos o juiz  Dionísio  Lobchenko Junior: na defesa do réu  os advogados Antonio César Portela e Rubens Flávio Cardoso Junior e na acusação o  Promotor Carlos Alberto Dias Torres.

 

 

 

Para amanhã, também, às 9 horas , está marcado o julgamento  de Margarino Gonçalves Benites.

 

 

 

Ele responde pelo assassinato de Anderson Franco, crime ocorrido  em 08 de fevereiro de 2020, por volta das 3 horas da madrugada na  residência da vítima, localizada na Rua  da Glória, no Bairro Jardim Marechal.

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!