Foto: Catve

Uma das crianças feridas no ataque em Saudades está internada em estado grave

O major da Polícia Militar (PM), Rafael Antônio da Silva, falou na tarde desta terça-feira (4) sobre o atentado cometido por um jovem de 18 anos que invadiu uma creche nesta manhã em Saudades, Santa Catarina.

De acordo com o major Antônio, quando a equipe do Corpo de Bombeiros chegou no local do crime, constatou o óbito de uma professora e duas crianças. Uma funcionária e outras duas crianças estavam feridas e foram levadas com vida para o hospital do município; No entanto, a mulher e um dos bebês socorridos não resistiram e morreram na unidade.

A outra criança, que também foi levada para o hospital, permanece internada em estado grave.

O Major explicou que, após cometer o crime, o agressor tentou tirar a própria vida, mas foi impedido. Entretanto teve ferimentos graves e está internado em um hospital de Pinhalzinho, município próximo de Saudades, que fica a cerca de 300 quilômetros de Cascavel, próximo a Chapecó.

De acordo com major Antonio, o jovem está internado e permanece intubado.

Ainda não há confirmações de que teriam outras pessoas envolvidas no crime, ou de outras possíveis invasões. A polícia ainda não sabe o que teria motivado o atentado, e o caso segue investigado.

Com informação da Catve

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!