Vacinação de gestantes e puérperas sem comorbidades segue interrompida

Atendendo ao posicionamento e orientação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e nota pública da Secretaria de Saúde do Paraná (Sesa), a Secretaria de Saúde de Quatro Pontes segue, temporariamente, com a vacinação da Astrazeneca/Oxfor em gestantes e puérperas sem comorbidades suspensa. A interrupção foi realizada pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI). Diante disso, por enquanto, as gestantes e puérperas sem fatores de risco adicionais, que não iniciaram o esquema vacinal, devem aguardar nova orientação para tomar a vacina. 

A imunização de gestantes e puérperas com comorbidades prossegue com a utilização das vacinas Sinovac/Butantan e Pfizer, visto que o perfil risco/benefício da vacinação neste grupo é altamente favorável. Logo, para a vacinação de gestantes e puérperas com comorbidades, a mulher deverá comprovar a condição de risco por meio de exames, receitas, relatório médico ou prescrição médica. 

 

 

 

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!