Foto: Catve

Vacinas da Pfizer e da Oxford são eficazes contra cepa indiana, aponta estudo

Um estudo da agência de saúde pública da Inglaterra, divulgado na noite do último sábado (22), mostra que as vacinas contra a Covid-19 da Pfizer/BioNTech e da Oxford/AstraZeneca são eficazes contra a variante indiana do novo coronavírus, que foi presenciada no Maranhão na última semana.

A pesquisa, que foi realizada entre 5 de abril e 16 de maio, ainda não foi revisada por outros cientistas e não foi publicada em revistas científicas. Ela mediu a eficácia dos imunizantes contra a cepas indiana (B.1.617.2) e britânica (B.1.1.7) da Covid-19.

Os resultados relatados são de que o imunizante da Pfizer teve uma efetividade de 88% em pacientes sintomáticos da cepa indiana (duas semanas após a segunda dose), e mostrou 93% de eficácia contra a variante britânica.

Já a vacina da Oxford/AstraZeneca registrou eficiência de 60% contra a B.1.617.2 e 66% contra a B.1.1.7. Níveis mais altos de imunização são esperados para casos graves.
 
 

Com informação da TV Cultura e Catve

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!