Vasco vence Tombense com um gol em cada tempo e avança à 3ª fase da Copa do Brasil

Com um gol no início de cada tempo e uma boa atuação fora de casa, o Vasco derrotou o Tombense por 2 a 1 na quarta-feira (07), no estádio Almeidão, em Tombos, e avançou para a terceira fase da Copa do Brasil. Gabriel Pec abriu o placar e Andrey, de falta, selou o triunfo que garantiu a classificação. O time mineiro descontou com Gabriel Amorim.

 
O Vasco ainda não sabe quem enfrenta na sequência da Copa do Brasil. De acordo com o regulamento, os duelos serão definidos por sorteio. A terceira fase está prevista para acontecer entre os dias 2 e 9 de junho. 


 
Com o resultado, a equipe treinada por Marcelo Cabo ampliou a invencibilidade na temporada para oito partidas, com três vitórias e cinco empates neste período. A última derrota foi para o Volta Redonda, pelo Campeonato Carioca, por 1 a 0. Foi também o primeiro triunfo do time cruzmaltino como visitante na temporada, quebrando um tabu de quase seis meses sem vencer longe da sua casa.

O Vasco assegurou o triunfo com dois gols no início de cada tempo. Na etapa inicial, o time cruzmaltino abriu o placar aproveitando vacilo da zaga rival, que cochilou e viu Gabriel Pec, atento, roubar a bola, driblar o goleiro e mandar para as redes aos dois minutos.

 
O gol fez com que o Tombense ficasse nervoso em campo e deixou o Vasco à vontade. No entanto, os visitantes não aproveitaram as chances que criaram e os anfitriões, com o tempo, se encontraram.

Mais confortável, o time de Tombos chegou perto de empatar duas vezes, ambas com Daniel Amorim. Depois, também assustou com Matheus Lopes, em cabeceio que obrigou Lucão a uma boa defesa. A equipe carioca respondeu com Léo Matos, em arremate potente de fora da área defendido pelo goleiro Felipe Garcia.

O início do segundo tempo foi semelhante ao do primeiro. O Vasco mais uma vez balançou as redes cedo, aos 4 minutos, e ficou mais tranquilo. Andrey foi o autor do gol, em cobrança de falta rasteira no canto do goleiro. No lance, o árbitro Leandro Pedro Vuaden assinalou falta, mas Cano foi derrubado dentro da área. Não fez diferença para os vascaínos, já que o gol saiu de qualquer maneira.

 
Com vantagem de dois gols, os visitantes iam administrando o resultado com certa tranquilidade e indicavam que não teriam dificuldade para confirmar a classificação. No entanto, o Tombense acordou a partir da segunda metade da etapa final e deixou a reta final emocionante a partir do gol de Daniel Amorim. Após cobrança de falta, o atacante antecipou a marcação e marcou de cabeça aos 37 minutos. Depois disso, o time mineiro ocupou o campo de ataque e pressionou intensamente, mas o Vasco se segurou e garantiu a vaga na próxima fase da Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA:

TOMBENSE 1 x 2 VASCO

 
TOMBENSE – Felipe Garcia; David (Elivelton), Wesley, Matheus Lopes e João Paulo; Rodrigo (Rubens), Paulinho Dias, Jhemerson (Marquinhos); Everton Galdino, Daniel Amorim e Rodrigo Carioca (Caíque). Técnico: Bruno Pivetti.

VASCO – Lucão; Léo Matos, Ernando, Leandro Castan e Zeca; Andrey, Galarza (Léo Jaba), Gabriel Pec (Bruno Gomes) e Marquinhos Gabriel (Miranda); Morato (Lucas Figueiredo) e Cano. Técnico: Marcelo Cabo.

GOLS – Gabriel Pec, aos 2 minutos do primeiro tempo. Andrey, aos 4, e Daniel Amorim, aos 37 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – João Paulo, Jhemerson, (Tombense); Zeca e Marquinhos Gabriel (Vasco).

ÁRBITRO – Leandro Pedro Vuaden (RS).

RENDA E PÚBLICO – Jogos com portões fechados.

LOCAL – Estádio Almeidão, em Tombos (MG).

com informação Agência Estado

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!