Vereador Gordinho do Suco sugere revisão do sistema de iluminação pública existente na ciclovia entre a Avenida Rio Grande do Sul e a unidade industrial de aves da Lar

Na sessão de ontem (22), o vereador Gordinho do Suco realizou uma indicação ao Executivo Municipal, o qual sugere que seja realizado uma completa revisão do sistema de iluminação pública existente na ciclovia entre a Avenida Rio Grande do Sul e a unidade industrial de aves da Lar, já que várias lâmpadas estão queimadas e/ou apresentam baixa luminosidade, gerando transtornos aos usuários.

Conforme o vereador, “Fui procurado pelos funcionários da Unidade Industrial de Aves que relataram a necessidade de melhorias na iluminação da ciclovia que liga a Vila Gaúcha até o Frigorifico de Aves. Eles passam por esta localidade para ir trabalhar por volta das 4h30 da manhã e tem dificuldades neste trecho”.

De acordo com a indicação, várias lâmpadas estão queimadas ou apresentam baixa luminosidade, comprometendo a eficiência do sistema e gerando grandes transtornos aos usuários, até porque a referida ciclovia é amplamente utilizada pela comunidade em diferentes horários da noite, seja para deslocamento ao trabalho, como também para a prática de atividades físicas e esportivas.

O vereador cita que o Município possui recursos em caixa, oriundos da cobrança da Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública, com isso torna-se possível o imediato atendimento do presente pleito, para as correções e reparos devidos no sistema. 

O vereador fica no aguardo do pronto atendimento deste pleito por parte do Executivo Municipal, permitindo que referida melhoria seja executada nos próximos dias.

Todo o conteúdo do site Marechal News não pode ser reproduzido sem autorização prévia. A reprodução total ou parcial, poderá sofrer sanções sob pena de lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Portanto, os conteúdos das páginas deste site, não podem ser copiadas, reproduzidas, transferidas, publicadas ou distribuidas, no todo ou em parte, por qualquer meio ou modo, sem a prévia autorização. Seja um parceiro, envie um e-mail solicitando o uso do nosso conteúdo de texto, imagem ou vídeo. Obrigado!