Bike Refran
Ortocolchões
Sandras Publi
Casa da cuca
JR color
Banner Yamaha
FarmaVidda
Policial

Atenção! Pais devem estar atentos ao comportamento dos filhos

Casos de violência contra criança, são vistos com frequência. A suspensão das aulas por conta da pandemia mudou completamente a forma com que as denúncias chegam ao Conselho Tutelar. Por isso, fica uma alerta aos pais ou responsáveis.

Gustavo Scherole , conselheiro tutelar, explica que a criança ou adolescente muitas vezes não se sente seguro em contar que está sofrendo algum tipo de violência para quem convive dentro de casa. Por isso, em muitos casos, a vítima relatava o abuso para um professor, porque era em quem tinha confiança. Mas com a suspensão das aulas por conta da pandemia do coronavírus, esse cenário mudou e até dificultou o trabalho do Conselho Tutelar na identificação de casos de violência.Gustavo faz uma orientação aos pais ou responsáveis, que desconfiam que alguém da família esteja passando por algum tipo de violência.

Só nos últimos 20 dias, dois casos de estupro foram denunciados em Cascavel. No primeiro, uma menina de nove anos ligou para a Polícia Militar e relatou que sofria abusos do pai e do irmão do noivo da mãe. O caso foi registrado na linha São Martins, próximo do Distrito de Sede Alvorada no dia 15 de setembro. A polícia prendeu os dois homens acusados pelo crime.

O outro caso de estupro foi denunciado por uma adolescente de 13 anos quando ela recebia atendimento médico na UPA (Unidade de Pronto-Atendimento) Tancredo Neves. Ela contou a equipe médica que sofria abuso sexual do padrasto há três anos. O caso foi registrado no dia 26 de agosto.

Os casos de violência contra crianças e adolescentes podem ser denunciados através dos telefones de plantão dos Conselhos Tutelares.

Conselho Tutelar Leste – 99972-0662
Conselho Tutelar Oeste – 98431-6353
Conselho Tutelar Sul – 98813-5799
Polícia Militar – 190
Disque denúncia – 181.

Com informacoes e foto Catve
TOPO