Bike Refran
Ortocolchões
Sandras Publi
Família Acolhedora
Dengue antes
Casa da cuca
Banner Yamaha
FarmaVidda
Policial

Comboio fortemente armado fez escolta de carretas carregadas com cigarros

O carregamento de 183 toneladas de cigarros contrabandeados do Paraguai está sendo transportado de Mundo Novo no Mato Grosso do sul para a alfândega da Receita Federal de Foz do Iguaçu, onde o material é destruído.

A carga de cigarros contrabandeados, avaliada em 32,7 milhões foi carregada em 14 carretas. O comboio, com destino a Foz do Iguaçu saiu de madrugada, escoltado pela Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal e Força Nacional, chamando a atenção pelas cidades por onde passou.

A operação de transporte é coordenada pela receita federal e pelo Fórum Nacional Contra a Pirataria e a Ilegalidade.
Esta é a terceira força-tarefa para destruição de cigarros contrabandeados realizada este ano.

A alfândega de Foz do Iguaçu é a única com equipamento especializado para a destruição de mercadorias contrabandeadas e separação de material reciclável.

O resíduo do cigarro destruído em Foz do Iguaçu também tem destinação. Uma parte, por exemplo, acaba virando adubo.

Alguns produtos também vão para a reciclagem depois de destruídos ou são doados para órgãos públicos e entidades beneficentes.

Com informação e foto: Catve

TOPO