Dengue Pato
Bike Refran
Prefeitura de Mercedes
Ortocolchões
Sandras Publi
Família Acolhedora
Dengue antes
Casa da cuca
IPTU
Banner Yamaha
FarmaVidda
Policial

Padrasto denunciado por morte de bebê encontrada em piscina no Norte de SC é assassinado

O jovem suspeito de matar a enteada em dezembro do ano passado em Joinville, no Norte de Santa Catarina, foi encontrado morto no fim da noite de sexta-feira (26) em São Francisco do Sul, na mesma região do estado. Segundo a Polícia Militar, ele foi alvejado a tiros.

Willian Kondlatsch de Moraes, de 21 anos foi denunciado pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) em janeiro deste ano e respondia a processo por homicídio qualificado pela morte da enteada Helloyse Gabriela Francisco, de 1 anos e 11 meses, como mostrou o NSC Notícias.

A menina foi encontrada desacordada em 20 de dezembro na piscina de uma casa vizinha à da família, após a mãe tê-la deixado com o padrasto para ir trabalhar. Ele foi preso no dia seguinte como suspeito do crime e, em depoimento à polícia, alegou que a criança se afogou.

A menina morreu no dia que seria entregue ao pai, por ordem judicial. A possibilidade de afogamento foi descartada após a polícia receber o laudo preliminar emitido pelo legista do Instituto Geral de Perícias (IGP). A defesa de Willian negou que ele tivesse matado a criança.

mãe da menina chegou a dar entrevista dizendo que acreditava na inocência do companheiro. Cinco dias depois da morte da menina, a mãe foi morta a tiro. A polícia disse que se tratava e execução. Willian estava preso quando a mulher foi morta.

Em janeiro ele foi denunciado, continuou preso por alguns meses e foi solto recentemente. Segundo a Polícia Militar, ele foi morto a tiros no bairro Ubatuba por volta das 23h de sexta-feira. Os disparos teriam partido de um carro que fugiu na sequência. Ninguém foi preso.

G1 procurou Polícia Civil de Joinville e São Francisco do Sul para detalhes sobre as investigações da morte da menina, da mãe e agora do padrasto, mas não conseguiu contato.

Com informação G1 e NSC TV
TOPO